Futebol

Corinthians tem conta bloqueada pela Justiça por não pagar empresa de marmitas

Publicado às

Jornalista formado pela FIAM-FAAM. Setorista do Internacional e do Fluminense no Torcedores.com. Também escreve sobre o Palmeiras no site. Contato: mohamed.nassif12@hotmail.com

Corinthians

Crédito: Foto: Daniel Augusto Jr/ Agência Corinthians

Se dentro de campo o Corinthians em 2017 teve uma das suas melhores temporadas a com duas taças conquistadas, fora de campo o clube segue com muitas dificuldades financeiras. O mais novo problema do Alvinegro é com uma empresa que fornecia marmitas ao clube.

De acordo com a Folha de S. Paulo, a Justiça de São Paulo bloqueou a conta corintiana pela falta de pagamento do clube à Refine Comercial, empresa de marmitas. Este bloqueio é de R$ 130.582,50. Bens do clube serão penhorados de acordo com o que for encontrado pela Justiça em nome do Corinthians.

Márcia Cardoso, da 5ª Vara Cível do Foro Reginal Tatuapé, havia determinado que a conta do clube fosse bloqueada de forma online. Este bloqueio seria feito pelo sistema Bacenjud, que interliga o Banco Central à Justiça.

A Refine Comercial fornecia alimentos para jogadores das categorias de base do Timão e outros empregados na sede do clube.

Diógenes Mello, advogado do clube de Itaquera, confirmou à Folha o bloqueio e garante que o clube está se movimentando para que tudo volta a se normalizar:

“É uma empresa que prestava serviços ao Corinthians. Estamos sabendo desse bloqueio, mas é de contas do administrativo, nada relacionado ao futebol. Isso vai ser resolvido. Vamos tentar fazer um acordo.”

Leia mais: Veja os times que já estão classificados para a Libertadores