F1: McLaren seguirá sem patrocinador principal em 2018

Publicado às

Colaborador do Torcedores

McLaren F1

Crédito: Twitter Oficial da McLaren

Chefe da McLaren na F1, Zak Brown afirmou que o time de Woking seguirá sem um title sponsor (patrocinador principal) para a temporada 2018 da categoria.

A McLaren não vai ter patrocinador principal para a temporada 2018 da F1, de acordo com o chefe da equipe, Zak Brown. Assim como tem acontecido nos últimos anos, o time de Woking informou que houveram empresas interessadas no title sponsor da equipe na categoria, mas a opção segue sendo não associar nenhuma marca ao nome do time:

“Não acho que teremos um patrocinador principal em si. O que acho é que teremos parceiros maiores. Se você olhar na F1, ninguém menciona o nome da equipe com o patrocinador, então não acho que isso tenha muito valor. Somos a McLaren, não a ABC McLaren”, afirmou Brown.

“Na Nascar, os pilotos são treinados para sair do carro e dizer: ‘Quero agradecer ao meu Chandon Ford hoje’. Isso não acontece na F1, então queremos proteger nossa marca.”

Apesar de manter a visão de seu antecessor, Ron Dennis, sobre o fim do title sponsor, Zak Brown afirmou que houve um aumento na procura de empresas para patrocinarem a McLaren, algo que aconteceu pela última vez entre 2007 e 2013, com a Vodafone:

“Trouxemos alguns patrocinadores, mas não sei exatamente quando iremos anunciá-los. Ainda não acabamos, então todos os patrocinadores são bem-vindos.”

“Estamos muito empolgados. Há um bom burburinho em torno da F1, a audiência da TV está subindo, o público na pista está aumentando, há novos proprietários, uma visão estratégica, então há um bom momento por trás da F1.”

“E aí há um bom momento por trás da McLaren. Temos Fernando [Alonso], temos Stoffel [Vandoorne], temos Lando [Norris] subindo, temos um novo parceiro de motores. Então, no geral, sentimos que estamos de vento em popa em vez de estar com vento de proa”, encerrou Zak Brown.

LEIA MAIS:
FELIPE NASR DISPUTARÁ TEMPORADA DA STOCK CAR, DIZ SITE
FERRARI VOLTA A AMEAÇAR O LIBERTY MEDIA, E FALA ATÉ EM CAMPEONATO ALTERNATIVO A F1