Futebol

Flamengo em caso Conca: “Se desse resultado, seria uma grande aposta”

Publicado às

Colaborador do Torcedores

Flamengo

Crédito: Foto: Gilvan de Souza / Flamengo / Divulgação

O maior fiasco do Flamengo no mercado da bola de 2017 foi a contratação do meia argentino Darío Conca, por empréstimo do Shanghai SIPG, da China. O jogador chegou ao clube em janeiro, ainda se recuperando de grave lesão no joelho esquerdo.

O meio-campista de 34 anos deixou o clube recentemente com apenas três partidas disputadas e apenas 27 minutos em campo com a camisa do Flamengo.

Em participação no programa “Bem, Amigos”, do SporTV, nesta segunda-feira (18), Rodrigo Caetano, diretor executivo do Fla, no entanto, defendeu o clube por trazer o jogador

O Conca foi uma dessas oportunidades. Ele vinha de lesão e só foi viabilizado por conta disso. Se não, era improvável o Conca voltar da China. Nós, na verdade, fizemos um contrato de risco, onde ele só passou a receber no mês em que visse a atuar. E passou a receber só uma parte [do salário]“, disse Caetano.

Foi o tipo de aposta que talvez hoje, caso ele tivesse dado resultado, seria dito que foi uma grande aposta, com grande resultado. Mas não foi“, completou o dirigente d Flamengo admitindo o fracasso do argentino na volta ao Brasil.

Além do Fla, Conca já havia atuado pelo Vasco e pelo Fluminense anteriormente no país.

LEIA MAIS:

FLA ANUNCIARÁ FUTURO DE GUERRERO NESTA TERÇA

MERCADO DA BOLA: ATLÉTICO-MG RECEBE PROPOSTA DO FLA POR FRED

COM ORÇAMENTO PEQUENO, MENGÃO NÃO TERÁ GRANDES REFORÇOS EM 2018