Futebol

Galiotte imagina Palmeiras sem dívida ao final de seu mandato

Publicado às

Jornalista formado pela FIAM-FAAM. Setorista do Internacional e do Fluminense no Torcedores.com. Também escreve sobre o Palmeiras no site. Contato: mohamed.nassif12@hotmail.com

Palmeiras

Crédito: Foto: Divulgação Palmeiras

O projeto do Palmeiras de reestruturação começou em 2013 com Paulo Nobre e a cada ano vem dando mais frutos. Agora em 2017, o clube está muito perto de encerrar qualquer tipo de dívida.

É o que garante o presidente Maurício Galiotte. O mandatário, ao programa Boa Noite Fox, afirmou que ao final de seu mandato, no fim de 2018, o clube já não terá nenhuma dívida:

“Essa é uma informação positiva. Encerraremos o ano que vem sem dívida bancária e sem fundos. Eu encerro meu mandato sem nenhuma dívida. Existem os compromissos que são diferentes de dívidas. Teremos resultados, patrimônio positivo. É um trabalho que estamos com responsabilidade e legado para a próxima gestão.”

O presidente afirmou que a Crefisa e a FAM, patrocinadoras do clube, foram importantes para que o Verdão chegasse a este cenário atual:

“Nós teríamos outro cenário. A Crefisa e a FAM nos proporcionam essa velocidade. Estamos em evolução, porém a Crefisa fizeram a diferença para o patrimônio do Palmeiras, para sanear as dívidas e proporcionar ao torcedor uma notícia tão boa como essa.”

Sem ter que se preocupar em pagar dívidas, o Verdão poderá investir toda a verba que receber para os esportes, principalmente o futebol.

LEIA MAIS: Verdão não priorizará a Libertadores em 2018