Futebol

Grupo da morte? Veja quais rivais poderão estar no caminho do Flamengo na Libertadores

Publicado às

Esportista de hobby, mas jornalista de profissão. Trabalhou como repórter do O Estado de S. Paulo, Revista TÊNIS. Tênis Virtual e CurtaTÊNIS em coberturas nacionais e internacionais de grandes eventos.

Crédito: Divulgação

Nesta quarta-feira, o Flamengo irá conhecer seu grupo na próxima edição da Libertadores da América. Como conquistou sua vaga via Campeonato Brasileiro – em que terminou na sexta posição -, o time de Reinaldo Rueda estará no pote 3, bem longe do pelotão dos cabeças de chave da Conmebol para o torneio.

O pote 1, dos oito cabeças, é majoritariamente composto por times brasileiros, como Grêmio, atual campeão da Libertadores, o Corinthians, vencedor do Brasileirão 2017, o Cruzeiro, campeão da Copa do Brasil, e o Santos, que passou o vice-campeão Palmeiras mediante critérios estipulados pela Conmebol. Isso exclui a chance de qualquer desses clubes fazerem parte do grupo do Flamengo.

COMO FUNCIONA O SORTEIO

Dessa maneira, o Rubro-Negro terá que encarar em sua chave necessariamente os seguintes adversários – o River Plate (ARG), o Boca Juniors (ARG), o Atletico Nacional (COL) ou o Peñarol (URU).

No pote 2, o único brasileiro será o próprio Palmeiras, que não poderá fazer parte da chave rubro-negra. Os possíveis rivais dos cariocas dessa prateleira são – Universidad de Chile (CHI), Emelec (EQU), Estudiantes (ARG), Cerro Porteño (PAR), Independiente (ARG), Bolívar (BOL) e Libertad (PAR).

Desse grupo, o Flamengo tem más recordações do Independiente, que, há uma semana, derrotou os brasileiros na final da Copa Sul-Americana. Aliás, se tivesse conquistado o torneio, o Rubro-Negro estaria garantido no pote 2.

Integrante do pote 3, o Flamengo não poderá cruzar na fase de grupos com nenhum dos outros sete desse pelotão, que são: Millionarios (COL), The Strongest (BOL), Colo-Colo (CHI), Racing (ARG), Defensor (URU), Alianza Lima (PER) e Real Garcilaso (PER). Enquanto isso, no pote 4, estão confirmados Atlético Tucumán (ARG), Deportivo Lara (VEN), Delfín (EQU) e Monagas (VEN).

Há a chance de um encontro com o arquirrival Vasco ainda na fase de grupos, já que a Conmebol permite encontro de clubes do mesmo país apenas se um deles vier das fases preliminares, como acontece com o Cruz-Maltino. Nessa hipótese, a Chapecoense também é outro possível oponente dos rubro-negros em sua chave.

POSSÍVEIS ADVERSÁRIOS DO FLAMENGO NA FASE DE GRUPOS:

POTE 1: River Plate (ARG), Boca Juniors (ARG), Atletico Nacional (COL) ou Peñarol (URU)

POTE 2: Universidad de Chile (CHI), Emelec (EQU), Estudiantes (ARG), Cerro Porteño (PAR), Independiente (ARG), Bolívar (BOL) e Libertad (PAR)

POTE 3: Ninguém, já que o Flamengo faz parte dessa prateleira

POTE 4: Atlético Tucumán (ARG), Deportivo Lara (VEN), Delfín (EQU), Monagas (VEN) e outros quatro clubes vindos da “Pré-Libertadores”, entre eles Vasco e Chapecoense

LEIA TAMBÉM:
Mercado da bola: Rueda vira plano A para reconstrução da seleção do Chile em 2018