Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Inter volta a se manifestar sobre Anderson e praticamente descarta nova chance

O Inter está decidido a não mais aproveitar Anderson. Essa foi a tônica da entrevista dada pelo vice-presidente de futebol Roberto Melo à Rádio Gre-Nal, nesta sexta-feira. Emprestado durante esta temporada ao Coritiba, onde também não foi bem, o meia volta automaticamente ao Beira-Rio em janeiro, mas segue com o futuro indefinido.

Eduardo Caspary
Jornalista formado pela PUCRS em agosto de 2014. Dupla Gre-Nal.

Crédito: Foto: Ricardo Duarte/Inter

“Eu acho bem difícil a reutilização. Esse ano nós vimos que, para ele e sua carreira, a melhor alternativa era mesmo sair do clube. Não gostaria de ter que tratar isso publicamente, mas vamos trabalhar para encontrar a melhor solução possível”, ponderou Melo.

O fato é que o clube não pretende dar uma nova chance a ele, mas não sabe como arcar com o alto salário – aproximadamente 500 mil reais – e vínculo até o final de 2018. Anderson foi uma das principais contratações do retorno do presidente Vitório Piffero ao Inter, em janeiro de 2015. Em campo, raramente correspondeu.

No início de 2017, Anderson foi afastado pela nova direção que tomou posse em janeiro e treinou em separado do grupo principal até ser buscado pelo Coritiba. Essa pode ser a alternativa para janeiro, na reapresentação, já que o jogador – via emissários – destacou que não vai aceitar uma “rescisão amigável”. A informação foi dada pelo jornal Correio do Povo na semana passada.

Uma fonte ligada ao atleta e consultada pelo jornal disse que “o Inter nunca foi amigável com o Anderson. Por que ele seria com o Inter? Se o clube pagar certinho, ele vai treinar onde for determinado. O Anderson sempre cumpriu todas as determinações do Inter”.

Anderson não conta com prestígio junto aos torcedores colorados. Durante a crise de 2016, já com o rebaixamento inédito bem próximo, ele se envolveu em uma confusão durante um treino e acertou um soco no lateral William, que saiu sangrando da atividade. O jogador foi encarado pela torcida como um dos responsáveis diretos pela queda.

LEIA MAIS NOTÍCIAS:

Galvão diz que gol de Gabiru foi “improvável” e leva bronca de Perdigão: “Zé ruela”

Colorados não perdoam derrota do Grêmio para o Real Madrid e cornetam: “Não deu”

Riquelme critica nível do Grêmio: “Qualquer um pode ganhar a Libertadores”