Futebol

Na Tailândia, meia ex-Flamengo foi o brasileiro com mais gols em 2017

Publicado às

Baiano, 22 anos, jornalista em formação pela Universidade Jorge Amado (UniJorge). Apaixonado por esportes em geral, de preferência basquete, tênis e futebol, este último com maior fervor. Contato: victorw10@outlook.com

Crédito: Foto: Divulgação

O Campeonato Brasileiro teve Henrique Dourado e Jô como artilheiros. Em Portugal, Jonas voltou a se destacar como goleador do Benfica. Mas o jogador brasileiro com o maior número de gols marcados em 2017 atua na Tailândia. Trata-se do ex-meia do Flamengo e Internacional, Jajá Coelho.

Com passagens por diversos clubes do Brasil – incluindo o Flamengo em 2006 – Europa e Ásia, Jajá Coelho está atuando no Buriram United, da Tailândia. O ano de 2017 foi o mais especial da carreira do jogador de 31 anos.

Nesta temporada, o meio-campista canhoto anotou 39 gols em 41 partidas disputadas no futebol tailandês. Contando apenas a primeira divisão tailandesa, foram 34 gols em 34 rodadas. O bom desempenho ajudou o Buriram United a ser campeão da Liga e a receber prêmio de melhor estrangeiro do campeonato.

Com 39 gols marcados em 2017, o meio-campista fica à frente de Henrique Dourado, que marcou 32 gols no ano inteiro, e de Jonas, com 31 gols pelo Benfica.

“O ano foi maravilhoso. Conquistamos o título nacional e pude marcar muitos gols ajudando o time nessa conquista. Dedico essa premiação aos meus companheiros, até porque ninguém ganha nada sozinho. Me senti muito bem recebido desde que cheguei na Tailândia, em fevereiro, e então as coisas foram dando certo naturalmente. Vivi um grande momento da minha carreira aqui, batendo o meu recorde de gols numa mesma temporada. Esse prêmio vem reconhecer isso também. Fico muito grato e realizado”, comemora o jogador.

Jajá Coelho foi revelado pelo América-MG. No Brasil, já defendeu as camisas de Flamengo, Internacional e Coritiba. Na Europa, jogou por Feyenoord-HOL, Getafe-ESP, Westerlo-BEL, Genk-BEL, Kayserispor-TUR, Lokeren-BEL e Metalist-UKR. Já na Ásia, defendeu Al Ahli-EAU, Chongqing Lifan-CHI e Buriram United-TAI.