Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Atlético-MG: Sette Câmara garante que só vende zagueiro por ‘proposta irrecusável’

Eleito presidente do Atlético-MG nesta segunda-feira, Sérgio Sette Câmara ainda não tratou de reforços, mas prometeu qualificar o time e colocar as finanças em dia. Além disso, o novo mandatário, que tinha o apoio de Alexandre Kalil e Daniel Nepomuceno, afirmou que o clube fará ‘jogo duro’ para negociar o zagueiro Gabriel, tratado como ‘pérola lapidada’.

Bruno Nunes Loreto
Formado em Jornalismo na Universidade de Santa Cruz do Sul, UNISC. Amante dos esportes, principalmente o bom e velho futebol. Setorista de Grêmio e Fluminense.

Crédito: Foto: Bruno Cantini/Atletico

“Evidentemente, pelo ano ruim que o Atlético teve, com as eliminações precoces na Libertadores e na Copa do Brasil, trouxe um prejuízo muito grande. Houve um investimento muito grande, a folha está acima das condições do clube e vamos ter que equacionar isso, cortar na própria carne um pouco. Isso não quer dizer que não possamos montar um grande time para o ano que vem. Acredito muito no meu diretor de futebol e no nosso treinador, a gente tem conversado bastante. Vamos qualificar o nosso time e, ao mesmo tempo, colocar as finanças do clube em dia”, avaliou, em entrevista à Rádio Itatiaia.

O novo mandatário terá à frente do futebol Alexandre Gallo, que já trabalha com possíveis contratações. A primeira delas deve ser Arouca, que estava no Palmeiras. Com relação a saídas, Sette Câmara exaltou Gabriel, que se firmou na equipe em 2017 e já despertou o interesse de outros clubes.

“O Atlético-MG tem um elenco de primeira linha, qualificado. Gabriel é uma pérola, que foi lapidada dentro do Clube Atlético Mineiro, um diamante lapidado dentro do Atlético-MG. Se vier uma proposta irrecusável, obviamente, a gente pode pensar numa negociação. Acho que isso é da natureza do futebol, do dia a dia. Jogadores como o Gabriel, dificilmente, ficam muito tempo. Porque ele é, realmente, um grande destaque”, disse.

O planejamento para o 2018 do Galo ainda depende de uma vaga na pré-Libertadores, que pode vir nesta quarta-feira, com o título do Flamengo na Sul-Americana. A primeira data para tratar do próximo ano é quinta-feira. Antes disso, o presidente eleito apenas confirmou a continuidade de Oswaldo de Oliveira e a chegada do preparador físico Paulo Paixão, com passagem pela Seleção Brasileira.

“Nosso planejamento passa pelo resultado do jogo do Flamengo contra o Independiente. É claro que isso não quer dizer que não vamos montar um time à altura para o ano que vem, caso o Atlético não se classifique para a Libertadores. É óbvio que, caso o Atlético esteja na Libertadores, o planejamento será a curto prazo, então vamos ter que acelerar. Já se não estivermos na Libertadores, será um planejamento a médio prazo. Evidentemente, tudo passa pelo jogo de quarta-feira. Por isso, deixei para falar do assunto futebol na quinta”, comentou.

LEIA MAIS:

SETTE CÂMARA CONFIRMA FAVORITISMO E É ELEITO PRESIDENTE DO ATLÉTICO
SETTE CÂMARA CONFIRMA TÉCNICO E PREPARADOR FÍSICO E MARCA DATA PARA TRATAR DE REFORÇOS
PRESIDENTE ELEITO DO ATLÉTICO FALA SOBRE O FUTURO DE OTERO
EMPRESÁRIO REVELA QUE COPETE RECEBEU SONDAGENS DE SÃO PAULO, ATLÉTICO E FLAMENGO