Real Madrid é a equipe mais cara do Mundial de Clubes; Grêmio é a segunda

O torneio Mundial de Clubes 2017 tem início nesta quarta-feira (06), nos Emirados Árabes Unidos, com a partida entre o Al-Jazira, time da casa, e o Auckland City, da Nova Zelândia. A partida decidirá qual das equipes segue para a fase das quartas, onde deve enfrentar o Urawa Reds, do Japão. Além dos já citados, outros quatro times participam da competição, cada um representando uma confederação: Pachuca, Wydad Casablanca, Grêmio e Real Madrid.

Karoline Tavares
Colaboradora do Torcedores.com que gosta de Fórmula 1 e basquete.

Crédito: Foto: Getty/Reprodução

Segundo informações do site Tranfermarkt, o clube com o menor valor de mercado entre as participantes é o Auckland, que vale 4,95 milhões de euros (cerca de R$ 18,9 milhões), enquanto a mais cara é o Real Madrid, que custa 743,8 milhões de euros (ou seja, aproximadamente, R$ 2,8 bilhões). Já o Grêmio vem como segunda mais cara, de acordo com o site, sob o valor de 66,4 milhões de euros (R$ 254,3 milhões).

A soma de todas as equipes somadas, com exceção do time espanhol, resulta em 160,44 milhões de euros (R$ 614,5 milhões). Ou seja, o atual campeão da Champions League do Mundial de Clubes vale, sozinho, quase cinco vezes o valor da soma dos outros seis participantes do torneio.

Confira abaixo os valores de mercado dos clubes participantes do Mundial de Clubes de 2017 (do mais caro para o mais barato):

Quem chega e quem sai dos clubes?

 

  1. Real Madrid (Espanha): 743,8 milhões de euros
  2. Grêmio (Brasil): 66,4 milhões de euros
  3. Pachuca (México): 42,63 milhões de euros
  4. Urawa Reds (Japão): 23,68 mi
  5. Al-Jazira (Emirados Árabes Unidos): 14,53 mi
  6. Wydad Casablanc (Marrocos): 8,28 mi
  7. Auckland City (Nova Zelândia): 4,95 mi

Sob a expectativa de um provável confronto na final do Mundial, Real Madrid e Grêmio chegam à competição apenas na semifinal e encaram os vencedores das outras partidas. O time espanhol entra em campo pela competição na próxima quarta-feira (13), enquanto a equipe brasileira estreia na terça-feira (12).