Review F1 2017: confira os recordes quebrados desta temporada

A expectativa de carros mais rápidos e quebrando todos os recordes de volta mais rápida de quase todos os circuitos, foi cumprida. A temporada 2017 foi um festival de recordes quebrados, mas tivemos mais alguns recordes que ficaram para trás, confira:

Rodrigo Nascimento dos Santos
Colaborador do Torcedores

Crédito: Twitter Oficial de Lewis Hamilton

Com carros mais rápidos, os pilotos da temporada 2017 praticamente moeram os recordes de quase todos os circuitos. As poles foram muito mais rápidas, e quase todas as pistas ganharam novos recordes.

No que diz respeito a volta mais rápida em corridas, o número foi um pouco menor: foram nove recordes quebrados, sendo que cinco deles, foram superados por Sebastian Vettel, nos circuitos de Baku, Spa-Francorchamps, Sepang, Austin e Hermanos Rodríguez (México).

Entre os outros recordes, vale destacar a volta mais rápida de Max Verstappen em Interlagos, que além de cravar o novo recorde do circuito brasileiro, se tornou o piloto mais jovem a marcar uma volta mais rápida em uma corrida de F1.

Além dos recordes das pistas, tivemos Lewis Hamilton superando o número de pole positions de Ayrton Senna, e de Michael Schumacher, se tornando o maior recordista da F1 neste quesito.

Mas, a expectativa em 2018 é de novos recordes sendo quebrados. Confira abaixo, os circuitos que ganharam novos recordes em 2017:

Rússia: Kimi Raikkonen / Ferrari – 1:36.844

Azerbaijão: Sebastian Vettel – 1:43.441

Austria: Lewis Hamilton – 1:07.411

Inglaterra: Lewis Hamilton – 1:30.621

Bélgica: Sebastian Vettel – 1:46.577

Malasia: Sebastian Vettel – 1:34.080

EUA: Sebastian Vettel – 1:37.766

México: Sebastian Vettel – 1:18.785

Brasil: Max Verstappen – 1:11.044

LEIA MAIS:
REVIEW F1 2017: O ANO DA CONSAGRAÇÃO DE LEWIS HAMILTON
F1: MANSELL CRÊ EM MAIS TÍTULOS DE ALONSO, E EM HAMILTON SUPERANDO SCHUMACHER