Romarinho, ex-Corinthians, é a arma do Al-Jazira no Mundial de Clubes

Dezembro chegou e com ele veio o Mundial de Clubes da FIFA, desta vez disputado nos Emirados Árabes Unidos. Nesta quarta-feira, dia 6, já teremos equipes em campo. O Al-Jazira, representante local, encara o Auckland City, da Nova Zelândia, que chega na competição por ter sido campeão da Oceania. O jogo será às 15h, no horário de Brasília, no Mohammed Bin Zayed Stadium, localizado na cidade de Abu Dhabi.

Odds Shark
Parceiro do Torcedores.com.

Crédito: Foto: Instagram oficial/Romarinho

O time árabe tem um jogador brasileiro bastante conhecido do torcedor do Corinthians. Trata-se do atacante Romarinho, de 26 anos, um dos principais nomes  do time de São Paulo na conquista da Taça Libertadores da América de 2012 contra o Boca Juniors, da Argentina. Ele chegou nesta temporada na equipe dos Emirados. Em 10 partidas disputadas, o brazuca balançou as redes adversárias em três oportunidades. Podemos dizer que ele é a principal esperança do Al-Jazira no Mundial.

Pela liga nacional, o time da casa é apenas o quarto colocado da competição, tendo 16 pontos em 10 jogos disputados até o momento. Foram 4 vitórias, 4 derrotas e dois empates. O Al Wasl lidera a competição com 22 pontos ganhos. A última vez que o Al-Jazira entrou em campo foi no dia 30 de novembro, contra o Al Sharja, vencendo pelo placar de 2 a 1.

Fundado em 1974, em Abu Dhabi, o Al-Jazira foi campeão da Copa do Golfo, em 2017, e ficou com o troféu da liga dos Emirados Árabes em 2010/2011 e 2016 e 2017. Em termos de apostas esportivas, a cota paga por uma vitória diante da formação neozelandesa é de R$ 1,90 a cada real aplicado por você no Oddsshark.com.

Do outro lado do confronto, o Auckland City, criado em 2004, não possui nenhum atleta brasileiro em seu elenco. Tem um argentino, o atacante Emiliano Tade, de 29 anos. Ele não passou por nenhuma equipe de tradição na terra do Tango. Vencedor da Liga dos Campeões da Oceania, o time galera dos All Blacks derrotou os compatriotas do Team Wellington. A conquista veio de maneira avassaladora: 3 a 0 na partida de ida e 2 a 0 no encontro da volta. Este foi o nono troféu continental desta formação. Os outros foram garantidos nas seguintes temporadas: 2005/06; 2008/09; 2010/11; 2011/12; 2012/13; 2013/14; 2014/15; 2015/16 e 2016/17.

Quem chega e quem sai dos clubes?

 

Na Liga da Nova Zelândia, o Auckland possui seis títulos: 2004/05, 2005/06, 2006/07, 2008/09, 2013/14 e 2014/15. Atualmente, este clube lidera a competição nacional, tendo 16 pontos em 7 jogos feitos, com 5 resultados positivos, 1 negativo e 1 igualdade. A partida mais recente foi no dia 24 de novembro: goleada de 5 a 0, em casa, sobre o Hawke’s Bay.

Novamente de acordo com o Oddsshark.com, em caso de uma vitória do Auckland City o retorno vai ser bem interessante, hein! O valor é de R$ 4,00. Vai ser a primeira vez que os times da Nova Zelândia e dos Emirados Árabes Unidos vão se enfrentar por uma competição oficial. Quem vencer esta duelo de oitavas de final encarará o Urawa Red Diamond, do futebol do Japão, que foi faturou a última edição da Liga dos Campeões da Ásia, para depois encontrar o poderoso Real Madrid, da Espanha, na semifinal.

Veja a lista dos 23 jogadores relacionados pelos dois times para o torneio:

Al-Jazira: Ali Khaseif (1); Mohamed Fawzi (2); Salem Al Eedi (3); Mohamed Ayed (4); Musallem (5); Saif Khalfan (6); Ali Mabkhout (7); Sardor Rashidov (9); Mbark Boussoufa (10); Salim Rashid (12); Eissa Mohamed (14); Khalfan Alrezzi (15); Yaqoub Al Hosani (21); Romarinho (31); Abdalla Ramadan (35); Khaled Al Senaani (36); Mohamad Al Attas (40); Fares Juma (44); Ahmed Rabia (45); Mohamed Jamal (50); Abdullrahman Al Ameri (56) e Ahmed Al Hashmi (70).

Auckland City:  Enaut Zubikarai (1); Liam Graham (2); Takuya Iwata (3); Mario Bilen (4); Angel Berlanga (5); Te Atawhai Hudson-Wihongi (6); Cameron Howieson (7); Albert Riera (8); Darren White (9); Ryan De Vries (10); Fabrizio Tavano (11); Kris Bright (12); Alfred Rogers (13); Daniel Morgan (15); Kim Daewook (16); Reid Drake (17); Danyon Drake (18); Micah Leaalafa (19); Emiliano Tade (20); Harry Edge (21); Marko Dordevic (23); Conor Tracey (24) e Callum Mccowatt (26).

Campeões do Mundial de Clubes da FIFA

Disputado no atual formato desde o ano de 2000, o torneio tem como maiores campeões o Real Madrid e o Barcelona, com cada equipe tendo dois títulos. Já os clubes brasileiros possuem as seguintes conquistas: Corinthians (2000 e 2013), São Paulo (2005) e Internacional (2006). A FIFA já anunciou no sorteio deste ano que a edição de 2018 será realizada novamente nos Emirados Árabes. Gostou da escolha? Ou você preferia que a sede fosse em um lugar diferente?

Confira os próximos jogos do Mundial no Emirados Árabes Unidos no Torcedores:

6 de dezembro (oitavas de final)

15h – Al Jazira (R$ 1,90) x (R$ 4,00) Auckland City. Empate: R$ 3,39

9 de dezembro (quartas de final)

11h – Pachuca (R$ 2,02) x (R$ 3,98) Wydad Casablanca. Empate: R$ 3,54