Tiago cita importância de vencer o São Paulo na última rodada

Com apenas 2% de chances de classificação para a Libertadores, segundo matemáticos, o Bahia vai fechar sua participação na temporada em um jogo contra o São Paulo, fora de casa.

Victor de Freitas
Baiano, 25 anos, jornalista formado pela Universidade Jorge Amado (UniJorge). Apaixonado por esportes em geral, de preferência basquete, tênis e futebol. Contato: victorw10@outlook.com

Crédito: Foto: Divulgação/ECBahia

Apesar de poucas remotas chances de alcançar o G-8 nesta rodada, o zagueiro Tiago garante que há muita coisa em jogo para o Bahia na 38ª rodada.

“Tem muita coisa em jogo. Não é apenas o último jogo, a despedida. Temos vontade de vencer o São Paulo no Morumbi e vamos lá para isso. Não temos mais nada a perder. É o momento de ir lá, dar o melhor, e aí vamos depender de outros resultados. O que a gente não pode é perder o jogo, depois as outras equipes perderem e a gente lamentar na segunda-feira: “Poxa, se tivesse ganhado do São Paulo, a gente teria conseguido a vaga”. É o momento de dar nosso melhor e deixarmos que o destino diga se vamos para a Libertadores ou não”, comentou o capitão.

Dentre os objetivos do elenco para a rodada final do Brasileirão, Tiago cita a importância de conquistar a melhor classificação do Bahia na história dos pontos corridos.

“(…) Uma eventual melhor classificação do Bahia na história no Campeonato Brasileiro e eventual possível classificação para a pré-Libertadores. Então não é somente pela dignidade de cada um. Temos objetivos que a gente ainda pode conquistar”, acrescentou.

Tiago também citou que os desfalques do São Paulo motivam o Bahia a conquistar um resultado positivo.

“Eles têm dois desfalques, que são o Hernanes e o Lucas Pratto. São dois jogadores fundamentais nessa recuperação do São Paulo. A chegada do Carpegiani foi fundamental para termos a confiança elevada. Vamos lá, fazer um bom jogo e tentar vencer”, destacou.

O Bahia encara o São Paulo às 16h (horário do Nordeste), deste domingo, no Morumbi.