Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Bahia recebe sondagens do Ceará por meio-campista e atacante

Reservas do Bahia durante o Campeonato Brasileiro, o volante Juninho e o atacante Hernane atraem interesse de outros clubes para esta temporada. Um dos clubes interessados é o Ceará.

Victor de Freitas
Baiano, 25 anos, jornalista formado pela Universidade Jorge Amado (UniJorge). Apaixonado por esportes em geral, de preferência basquete, tênis e futebol. Contato: victorw10@outlook.com

Crédito: Foto: Divulgação/ECBahia

De volta à elite do futebol brasileiro em 2018, o Ceará realizou sondagens pelos dois atletas tricolores. A confirmação foi feita pelo diretor de futebol do Bahia, Diego Cerri, que, no entanto, afirmou ainda não ter recebido nenhuma oferta oficial para vender ou emprestar a dupla.

“A gente sabe desse interesse do Ceará no Juninho, mas é outra situação em que não há nada de concreto. Só houve um interesse e mais nada. Juninho é nosso jogador, se ocorrer negociação de um atleta nosso vocês ficarão sabendo em primeira mão”, explicou o diretor de futebol.

Aniversário CLUBE EXTRA

Clique e veja as melhores promoções!

Já Hernane, além de ter o interesse do Ceará por seu futebol, também é um dos atacantes que estão na mira do Botafogo.

“Esse é um momento do ano em que se tem muitas sondagens. Hernane é um jogador que já atuou bem pelo Bahia por outras grandes equipes, então é normal. Existem sondagens, mas nada de concreto”, afirmou o dirigente.

Apesar de ser considerado como um “reserva imediato”, Juninho atuou em 51 partidas na temporada de 2017, sendo que destas 28 atuações foram pelo Brasileirão – 17 como titular e 11 como reserva. Na maioria das vezes em que jogou entre os titulares, foi para substituir Renê ou Edson.

Já Hernane era titular do ataque tricolor até a semifinal do Nordestão, quando sofreu uma grave lesão e precisou parar por cerca de três meses. O jogador retornou aos gramados no segundo turno do Campeonato Brasileiro, atuando uma vez como titular e quatro como reservas. Em todo o ano, foram sete gols marcados em 22 jogos.