Com novidades, Brasil divulga equipe para Zonal da Copa Davis

Nesta segunda-feira, o Brasil divulgou os tenistas que farão parte da equipe na estreia do Zonal das Américas da Copa Davis. O capitão do Time Correios Brasil, João Zwetsch, convocou Thiago Monteiro, João Pedro Sorgi e Thiago Wild para simples e Marcelo Melo e Marcelo Demoliner para as duplas.

Daniel Servidio
Jornalista formado pela Universidade Metodista de São Paulo. 22 anos. Acredita que o mundo é feito de histórias.
brasil

Crédito: Crédito da foto: Divulgação/ Rafael Coelho/ Arquivo CBT

O Brasil enfrenta a República Dominicana, em Santo Domingo – capital do país caribenho -, entre os dias 2 e 3 de fevereiro. As partidas serão nas quadras rápidas do Club Deportivo Naco. Em busca de entrar no Grupo Mundial, a equipe brasileira precisa vencer e, depois, passar pelo ganhador da disputa entre Colômbia e Barbados.

“Será um confronto interessante para nós. Mostra que temos que ter uma força de grupo grande pra construir uma semana [de treino] bem coesa e poder ter uma boa performance”, disse João Zwetsch.

Novidades na equipe

Dos cinco convocados, três poderão ser estreantes na Copa Davis. É o caso de João Pedro Sorgi, Thiago Wild e Marcelo Demoliner. Alguns “medalhões” do tênis brasileiro não estiveram disponíveis para participar da disputa. “Nossa equipe vai com uma escalação bem diferente do que estamos acostumados. É uma data complicada dentro do calendário ATP”, comentou Zwetsch.

Ele também explicou algumas situações. “A esposa do Bruno Soares está grávida de novo, então ele pediu para dar uma segurada na Davis esse ano para ficar mais com ela. O Thomaz Bellucci está há quase seis meses sem jogar, sem ritmo de jogo. E o resto da turma, o Rogerinho, o Feijão, o Clezar decidiram priorizar o calendário dos torneios da América do Sul no saibro, perfeitamente entendível”, completou.

Sem mágoas, o capitão da equipe defendeu os atletas que optaram por não disputar. “A grande maioria das vezes que foram solicitados, eles jogaram. Todos já têm um serviço importante prestado ao Brasil”, afirmou.

Perfil dos convocados

João Pedro Sorgi: Com 24 anos, Sorgi é o número 366 do mundo. Foi vice-campeão do Challenger de Savannah, nos Estados Unidos, e campeão de duplas do Future de Lima, no Peru, no ano passado.

Thiago Wild: É o mais jovem da equipe, com 17 anos. É o número 616 da ATP – mas o 9º do ranking juvenil. Em 2017, foi campeão no Sudamericano Individual GB1, na Argentina, do 39th Torneo “Città Di Santa Croce” Mauro Sabatini, na Itália, e do Future em Antalya, na Turquia.

Thiago Monteiro: 23 anos, 116 do ranking de simples. O atleta já disputou uma Copa Davis no Japão e, neste confronto, será o número 1 do Brasil.

Marcelo Demoliner: Com 29 anos, é o número 35 no ranking de duplas. Ele está disputando o Aberto da Austrália com a espanhola María José Martínez Sánchez, nas duplas mistas. No ano passado, conquistou um Challenger em Irving, nos Estados Unidos.

Marcelo Melo: É o líder do ranking de duplas e o brasileiro com mais conquistas na ATP. Neste ano, já conquistou o ATP 250 de Sidney, com o polonês Lucasz Kubot. Atualmente, também está disputando o Aberto da Austrália.

LEIA MAIS:
DIA 9 DO ABERTO DA AUSTRÁLIA TERÁ NADAL, DIMITROV E MARCELO MELO EM QUADRA