Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Dana White admite chance de tomar cinturão de McGregor

A volta de Conor McGregor ao UFC ainda não está definida. O irlandês e o Ultimate ainda não entraram em acordo sobre um possível retorno do campeão linear dos leves da organização. E o presidente Dana White já vê alternativas para manter a divisão em movimento. Até mesmo retirar o título daquela que é sua principal estrela.

Victor Martins
Um homem que acredita ser jornalista, escritor e 'chato'. Decidam vocês qual será a opção escolhida.Formado na Universidade Metodista de São Paulo. No Torcedores desde 2016 ou algo parecido.

Crédito: Reprodução/Facebook Oficial UFC

White concedeu entrevista à Fox Sports americana após o UFC St. Louis, neste domingo (14). O chefão do UFC declarou que, caso o ‘Notorious’ não confirme rapidamente sua volta ao UFC, a chance de ver seu cinturão peso-leve ser retirado pela organização é grande. Segundo o próprio Dana White, o irlandês desejaria voltar a lutar apenas em setembro.

“Se o McGregor voltar em setembro, já serão quase dois anos depois da última luta dele no MMA. Isso não pode acontecer e não é justo com o resto da divisão. Amo o Conor, o respeito e amo tudo o que ele tem feito pela empresa e todo mundo sabe disso. Mas o cinturão vai ter que seguir em frente. Faremos o Tony (Ferguson) contra o Khabib (Nurmagomedov) e estamos trabalhando agora nessa luta. Quando o Conor quiser voltar, ele será o primeiro a disputar o cinturão”, disse White.

A esperança do UFC era de que McGregor anunciasse sua volta ao UFC já no começo do ano. Com isto, Nurmagomedov e Ferguson se enfrentariam pelo cinturão interino (de posse de Ferguson) e o vencedor lutaria contra o irlandês pelo título linear. Dana White vê que o irlandês pode precisar de mais tempo para decidir seu futuro.

“Quero que ele volte a treinar e volte para o UFC para defender o seu título. Nós ainda não nos comprometemos com prazo, mas contanto que o Conor ainda queira lutar. Você sabe como é, sempre nos acertamos. Ele gosta de fazer as coisas no tempo dele e da forma como ele quer. Sempre respeitei o Conor. Mas, se ele não estiver pronto para lutar agora, deixe essas caras (Tony Ferguson e Khabib Nurmagomedov) lutarem. Quando ele decidir voltar, ele será o primeiro a disputar o título”, afirmou o chefão do UFC em entrevista com a imprensa.

LEIA MAIS

VITOR BELFORT USA MENSAGEM PARA COBRAR UFC SOBRE DINHEIRO DE LUTA CANCELADA

(Crédito da foto: Reprodução/Facebook Oficial UFC)

As melhores notícias de esportes, direto para você