Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

F1: Alonso quer McLaren com pintura semelhante a utilizada na Indy 500 em 2017

Em meio as informações que dão conta que a McLaren deverá ter uma nova pintura para a temporada 2018, fica a expectativa de um carro mais alaranjado, e para o espanhol Fernando Alonso, o ideal seria uma pintura com um tom semelhante ao que foi utilizado nas 500 Milhas de Indianapolis.

Rodrigo Nascimento dos Santos
Colaborador do Torcedores

Crédito: Fernando Alonso andou pela primeira vez em Indianápolis junto de outros pilotos. (Foto: Mike Young)

O retorno da cor laranja aos carros da McLaren foi bem aceita pelos fãs da F1 em 2017, apesar da cor não ser tão dominante quanto muitos imaginavam. E para a temporada deste ano, a expectativa é de que os carros do time de Woking tenham a cor laranja, como os primeiros carros da equipe na categoria.

Apesar de ainda não ter visto a pintura que será utilizada pela McLaren em 2018, Fernando Alonso torce para que o time adote uma pintura semelhante a que foi utilizada nas 500 Milhas de Indianapolis no ano passado: totalmente laranja.

“Eu estaria feliz com qualquer cor, mas o laranja faz parte do DNA da McLaren, então seria legal se víssemos um laranja como o da Indy. Foi um ótimo evento, com um ótimo carro da McLaren por lá”, declarou Alonso para o Motorsport.com.

O carro laranja marcou o retorno da McLaren a Indy 500, em parceria com a Andretti e a Honda. Alonso participou pela primeira vez da prova, e após ter largado em quinto, chegou a liderar a corrida durante alguns momentos, porém, a participação do espanhol se encerrou a 21 voltas da bandeirada, com a quebra do motor.

O diretor executivo da McLaren, Zak Brown, já confirmou que a equipe terá uma grande mudança visual para a atual temporada, e que a ideia é fazer com que o time de Woking tenha uma marca ainda mais forte:

“O carro não terá o mesmo visual do ano passado. Nossa marca como um todo, a visibilidade da McLaren, irá a um outro nível, e será empolgante”, declarou Brown.

“Sabemos qual será o visual de várias outras equipes, mas, espero, as pessoas verão a maior mudança dentro e fora da pista com a McLaren na Austrália.”

LEIA MAIS:
F1: MCLAREN COM A QUAL SENNA VENCEU O GP DE MÔNACO EM 1993 IRÁ A LEILÃO
SCHUMACHER SE IMPRESSIONOU COM OS TEMPOS DE VALENTINO ROSSI NA FERRARI, AFIRMA ENGENHEIRO