Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

São Caetano perde R$ 26 mil fazendo jogo com o Corinthians no Pacaembu

O São Caetano mudou o jogo contra a equipe do Corinthians para o estádio do Pacaembu buscando melhores resultados financeiros do que teria se jogasse no Anacleto Campanella, em São Caetano do Sul. Além de sofrer uma goleada em campo, por 4 a 0, o time ainda tomou uma outra goleada na conta bancária: além de não dar o lucro que o time esperava, o boletim financeiro revelou prejuízo do Azulão com a partida.

Allan Simon
Jornalista formado pela Universidade Metodista de São Paulo. Trabalha com esportes desde 2011 e já passou por veículos como R7 (Rede Record), Abril.com, UOL Esporte e Torcedores nas funções de redator, repórter, editor e apresentador de vídeos. Experiências de coberturas em duas Copas, duas Olimpíadas, dois Pans. Atualmente, produz o Blog do Allan Simon, é colunista de Mídia Esportiva do Torcedores e colaborador do UOL.

Crédito: Imagens de poucos minutos antes do jogo já revelavam o baixo público no Pacaembu Foto: Allan Simon/Torcedores.com

A renda do jogo foi de R$ 238.230,00 com os 7.348 pagantes. Mas os custos da partida totalizaram R$ 264.907,82. Isso faz com que o São Caetano tenha que arcar com uma perda de R$ 26.677,82. Se jogasse em sua cidade, por exemplo, o time não precisaria pagar o aluguel de R$ 36 mil que foi cobrado pela administração do Pacaembu para o jogo deste domingo.

Só com despesas operacionais, o São Caetano pagou R$ 201 mil. Esse custo já era uma realidade conhecida por quem aluga o Pacaembu. O problema foi a equipe do ABC ter superestimado a presença da torcida do Corinthians no estádio. Conhecido como a casa do Timão durante décadas até a construção da Arena Corinthians em Itaquera, o local poderia despertar certa nostalgia no torcedor alvinegro.

Porém, sequer o jogo São Caetano x Corinthians era uma oferta única ao corintiano. A equipe comandada por Fábio Carille já havia disputado a estreia no Paulistão contra a Ponte Preta no Pacaembu e tem mais dois jogos marcados no local para a próxima semana, contra Ferroviária, no dia 24, e o clássico diante do São Paulo no sábado (27). O estádio alvinegro está passando por troca do gramado, razão pela qual o Pacaembu virou novamente a casa corintiana neste mês.

Para piorar, o torcedor corintiano não tinha um fator importante para “forçar” a ida ao jogo: o Fiel Torcedor. O plano de sócio-torcedor do clube não foi usado pelo São Caetano, como havia feito o Grêmio Osasco Audax no jogo contra o Palmeiras pelo Paulistão 2015, quando a equipe optou por mandar no Allianz Parque e conseguiu atrair mais de 24 mil palmeirenses. Assim, como não contava no ranking de presenças que define prioridade em compras futuras, a partida deste domingo ficava ainda menos atrativa.

O cenário se agravou de vez com as fortes chuvas que caíram em São Paulo no dia do jogo, que provocaram pontos de alagamento na Capital e certamente tiraram vários torcedores que poderiam comprar ingresso de última hora.