Polêmica racial marca vitória dos Jaguars sobre os Bills na NFL

Uma polêmica marcou a vitória do Jacksonville Jaguars sobre o Buffalo Bills pelos playoffs da NFL. O defensive end Yannick Ngakoue, dos Jaguars, acusou Riche Incognito, dos Bills, de insultos raciais durante a partida deste domingo.

Patrick Mesquita
Colaborador do Torcedores

Crédito: Crédito: Getty Images

Ngakoue usou o perfil oficial no Twitter para acusar o adversário de usar palavras ofensivas.

“Grande vitória hoje. E número 64, você precisa vir com mais firmeza do que com alguns insultos raciais. Eu tenho orgulho da minha origem africana, assim como 70% dos jogadores negros que compõem a Liga”, disparou.

Apesar disso, os companheiros de Bills saíram em defesa do jogador de linha ofensiva. Também pelo Twitter, Dion Dawkins demonstrou apoio.

“Todo mundo sempre tenta colocar coisas ruins na conta do Incognito. Eu estava perto dele durante todo o jogo e durante toda a temporada. Acredite, se ele tivesse dito algo assim, eu seria o primeiro a falar que estava errado. Cortem a besteira”, postou.

A fama de Incognito não é das melhores na NFL. Envolvido em diversas confusões, o jogador é visto como “bad boy” pelos demais atletas. Ele chegou a ser suspenso por oito jogos em 2013 por praticar bullying contra o ex-jogador Jonathan Martin quando os dois jogaram juntos no Miami Dolphins.

O Jacksonville Jaguars venceu o Buffalo Bills por10 a 3 e avançou para a semifinal de conferência na NFL. A equipe da Flórida terá pela frente o Pittsburgh Steelers.