Presidente do Santos fala de Gabigol, Veríssimo e caso Zeca

O Santos vive uma semana muito importante para definições de reforços e possíveis saída de jogadores. Após encaminhar a chegada de Sasha, o Peixe foca suas atenções na contratação do atacante Gabigol, que pertence ao Inter de Milão.

Matheus Henrique Vieira Ramos
Estudante de Jornalismo. Setorista no Torcedores.com do Santos e Botafogo.

Crédito: Crédito da foto: Reprodução/ Twitter oficial do Santos

O atacante revelado nas categorias de base do clube da Vila Belmiro foi vendido à Internazionalle em 2016, por R$ 100 milhões. No velho continente ele sofreu e não conseguiu se firmar no time italiano. Em agosto de 2017, foi emprestado ao Benfica, mas novamente amargou o banco de reservas.

“Tem toda a chance ( de Gabigol jogar no Santos). Esperamos que ele faça o esforço dele para que jogue no clube. Essa é uma negociação que depende só deles, é difícil competir com o futebol italiano, a Inter hoje ela é gerida pelos chineses, eles são os grandes investidores e há muitas dificuldades. Mas, todo o grande ídolo será bem aceito no clube, desde que o Santos tenha condições de pagar o salário”, disse o presidente do Peixe em entrevista para Fox Sports.

O zagueiro Lucas Veríssimo, do Santos, interessa ao Spartak, da Rússia, que ofereceu 6 milhões de euros pelo futebol do defensor, mas o Alvinegro Praiano acabou recusando. Segundo o mandatário santista, a intenção é manter o jovem jogador no clube.

“A intenção é não deixar o Lucas Veríssimo sair, até porque ele está nos planos do Jair. É um zagueiro que temos esperança que ele chegue à Seleção Brasileira, ele vai valorizar ainda mais”, comentou na Fox Sports.

Outro assunto comentado no programa Expediente Futebol, foi sobre o caso Zeca. O jogador no ano passado entrou na justiça pedindo a rescisão de contrato com o Peixe, ele alega atraso no pagamento do FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço) e falta de segurança para trabalhar.

O campeão olímpico pelo Brasil conseguiu um habeas corpus no início de dezembro e se acertou verbalmente com o Flamengo, mas departamento jurídico do clube carioca vetou a contratação. Os dois times ensaiaram fazer negócio pelo atleta, porém, as conversas não avançaram.

“Houve uma conversa com o Flamengo de uma composição, mas ela não se alongou porque o departamento jurídico do Flamengo alertou a diretoria do Flamengo que haveria um risco muito grande. A multa do Zeca é 150 milhões de reais. Nem os clubes de fora do país, da Espanha que estava interessado, pelo que soube desistiu. A justiça é quem vai definir” disse Peres.

LEIA MAIS: PRESIDENTE DO SANTOS DESCARTA ROBINHO E DIZ QUE ELE VAI JOGAR NO GRÊMIO

SANTOS ANUNCIA EX-JOGADOR WILLIAM MACHADO COMO NOVO GERENTE DE FUTEBOL

SAIBA QUANTO O SANTOS RECEBERÁ PELA COTA DE TV DO PAULISTÃO 2018