Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Vasco perde a segunda no Carioca; veja as críticas da torcida na web

O Vasco foi superado pela Cabofriense na tarde desta quarta-feira, no Estádio Elcyr Resende, em Bacaxá, em partida válida pela terceira rodada da Taça Guanabara. A equipe de Cabo Frio venceu por 2 a 1 e ultrapassou o Cruz-Maltino na classificação. Victor Silva e Levi marcaram para os donos da casa. O gol do Gigante da Colina foi marcado por nenê, de pênalti.

Rogério Araujo
Jornalista formado pelo Centro Universitário de Brasília - UNICEUB. Colaborador do Torcedores desde 2017. Dono do canal Séries e Filmes no Instagram.

Crédito: Foto: Paulo Fernandes/Vasco.com.br

 

Com a vitória, a equipe de Cabo Frio chegou a quatro pontos e ultrapassou o Vasco, com três. O Cruz-Maltino foi para o quarto lugar do grupo B, perdendo a posição para o adversário de hoje.

Mercado em CASA

Clique aqui para ter 50% off!

O próximo compromisso do Vasco será no sábado, às 17h (de Brasília), diante do Flamengo, no Maracanã.

No Twitter, os vascaínos comentaram a segunda derrota do Vasco em apenas três rodadas do Carioca:

 

https://twitter.com/VascoddaGama/status/956270984046268416

https://twitter.com/ednofranco/status/956295622134501376

https://twitter.com/wallacep08/status/956293978944663553

Ficha técnica de Cabofriense x Vasco:

Local: Estádio Elcyr Resende, em Bacaxá (RJ)
Data/Hora: 24/01/2018, às 17h
Árbitro: Rodrigo Nunes de Sá (RJ)
Assistentes: Dibert Pedrosa Moises (RJ) e João Luiz Coelho de Albuquerque (RJ)
Cartões amarelos: Leandro Euzébio, Airton e Davi Ceará (CAB) e Bruno Paulista e Ricardo Graça (VAS)
Cartões vermelhos: —
Gols: Victor Silva e Levi (CAB) e Nenê (VAS)

Escalações das equipes:

Cabofriense: George; Paulo Sérgio (Leomir), Victor Silva, Leandro Euzébio e Airton; Levi, Maranhão, Bruno Tubarão (Willian Bersan), Kaká Mendes (Lauro César) e Davi Ceará (Marcelo Gama); João Carlos (Cláudio Pitbull). Técnico: Antonio Carlos Roy
Vasco: Gabriel Félix, Rafael Galhardo (Rafael França), Luiz Gustavo, Ricardo Graça e Alan Carodso (Henrique); Bruno Paulista (Lucas Santos), Andrey, Guilherme Costa (Paulo Vitor) e Nenê; Rildo (Marrony) e Caio Monteiro. Técnico: Zé Ricardo
LEIA MAIS: