Velocidade e mobilidade: por que os Patriots temem Marcus Mariota?

Crédito: Getty Images

Ao longo da temporada, o New England Patriots encarou uma série de quarterbacks móveis e que não ficam apenas parados para os arremessos. Cam Newton, Bem Roethlisberger e Drew Brees foram algum deles. Nos playoffs é hora de enfrentar mais um: Marcus Mariota.

O quarterack do Tennessee Titans pode não ter o mesmo “quilate” dos citados acima, mas tem muito talento para fazer com que a defesa dos Pats passem por apuros na partida que acontece neste sábado (13).

“Ele atualmente sabe quando correr e quando passar enquanto corre”, disse o defensive back dos Patriots Duron Harmon em entrevista coletiva. “Ele tem um talento único porque um monte de quarterbacks nem olham mais para ver as opções de passe e apenas correm. Ele sempre olha, sempre sabe como escolher.”

A diferença entre Mariota e os demais quarterbacks móveis da liga está diretamente na velocidade. Mais atlético, ele tem média de 5,9 jardas por corrida durante a carreira. Isso não significa que os Titans sejam favoritos, ainda mais jogando em Foxborough, mas faz com que os Patriots demonstrem preocupação.

“É muito difícil executar uma jogada quando alguém tem habilidades tão atléticas. Quando ele toca na bola, ele é perigoso”, completou Harmon.

Assim, os Patriots têm passado boa parte da semana tentando encontrar uma forma de não deixar Mariota correr com a bola para ter mais opções. É o que Devin McCourty, outro defensive back de New England, revelou durante entrevista coletiva.

“Temos que tentar mantê-lo parado. Isso não significa que ele não vai arremessar a bola, mas se ele escapar não teremos muitas chances de pará-lo”, afirmou.

New England Patriots e Tennessee Titans se enfrentam neste sábado, às 23h15 (de Brasília). Quem vencer avança para a final da AFC.

Você é bom de palpites esportivos? Conheça a Bodog e aproveite bônus especiais