Vozes da marca

Fórmula E aposta em Felipe Massa e corrida em São Paulo para se consolidar no Brasil

Publicado às

Jornalista, editor do Torcedores.com. Passagens pelos jornais Metro, O Estado de S. Paulo, Jornal da Tarde, Marca Brasil, Agora São Paulo, Diário de S. Paulo e Diário do Grande ABC.

Crédito: DIvulgação

A Fórmula E chegou no último (3), em Santiago, no Chile, ao terceiro país na América do Sul. Argentina e Uruguai são os outros países que receberam a etapa de monopostos elétricos. E, no que depender da direção da categoria, o Brasil será o próximo alvo.

“O Brasil é um mercado enorme e importante para a Fórmula E. Temos muito interesse no país. Temos dois grandes pilotos aqui que são do Brasil, Lucas Di Grassi e Nelson Piquet Jr. Penso que o crescimento da Fórmula E no Brasil continuará. Teremos, em breve, uma corrida em São Paulo e isso vai nos ajudar a crescer a nossa base de fãs. E, nas redes sociais, a maioria dos nossos fãs são brasileiros mesmo sem uma corrida no país. E penso que isso continuará a crescer. Se você comparar com Fórmula 1, não há mais pilotos brasileiros e os brasileiros são muito próximos de seus próprios heróis”, afirmou o italiano Renato Bisignani, diretor de comunicação da Fórmula E, em entrevista exclusiva ao Torcedores.com durante o E-Prix de Santiago.

Para ter o plano perfeito de chegada ao Brasil, o dirigente afirmou que há duas coisas em vista: um E-Prix na cidade de São Paulo e a possível chegada de Felipe Massa, que recentemente se aposentou da Fórmula 1 e é nascido em São Paulo, para a categoria.

“Felipe é um grande piloto e pessoa e adoraríamos tê-lo aqui. Agora é com os times. Se tiver vagas disponíveis, certamente ele terá interesse. No nosso carro estreia na próxima temporada e ele (Massa) está começando a virar um fã. Será o casamento perfeito se tivermos Felipe Massa na Fórmula E e uma prova no Brasil. A combinação de pilotos como o que temos e uma corrida para trazer público de seus próprios países é a combinação perfeita”, disse.

CALENDÁRIO

A próxima etapa da Fórmula E será na Cidade do México, no dia 3 de março. Depois disso, os carros elétricos irão para o Uruguai, para a etapa de Punta del Este em 17 de março.

A partir daí, a ação será na Europa: Roma (14 de abril), Paris (28 de abril), Berlim (19 de maio) e Zurique (10 de junho) serão as cidades com corridas neste ano.

A temporada acaba em Nova York, nos Estados Unidos, com uma rodada dupla entre os dias 14 e 15 de julho.

LEIA MAIS:
“Seria fantástico ter Felipe Massa”, diz CEO da Fórmula E
Fórmula E: Vergne suporta pressão de lotterer e vence em Santiago
ABB Formula E 2017-2018: Confira a classificação após o ePrix de Santiago
Di Grassi: ‘É frustrante terminar a corrida por problemas de confiabilidade’
‘Tenho carro para ficar, no mínimo, entre os 3 primeiros’, diz Nelsinho Piquet
Fã de futebol brasileiro e ex-político: conheça o ‘chefão’ da Fórmula E

*O jornalista Matheus Adami viajou à convite da ABB Fórmula

O AUTOLINE é um classificado de compra e venda de automóveis, com mais de 150 mil ofertas de veículos seminovos, novos e usados, totalmente gratuito para o anunciante. Acesse e conheça: www.autoline.com.br