Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Libertadores: veja 12 promessas para ficar de olho em 2018

Nesta terça-feira, será dado o pontapé inicial da fase de grupos da Copa Libertadores 2018. Depois de decididas as últimas quatro vagas provenientes das fases preliminares, 32 times iniciam o périplo para a glória eterna. Serão nove meses de disputa, até que o campeão seja definido em novembro.

Redação Torcedores
Textos publicados pela Redação do Torcedores.com.Contato: redacao@torcedores.com

Crédito: Montagem: Renato Senna/Torcedores.com

O continente sul-americano revela safras intermináveis de futebolistas talentosos. Daqui saíram alguns dos maiores jogadores de futebol da história, como Pelé, Maradona e Messi. E a Copa Libertadores tem se tornado a grande vitrine do futebol sul-americano. Por isso, o Torcedores.com separou 12 jogadores de até 23 anos que devem ser observados na competição em 2018.

Cristian Pavón (Boca Juniors) – 22 anos


Jogador de velocidade, ultimamente tem jogado pela ponta-direita no Boca Juniors, mas também pode atuar pela ponta-esquerda. Pavón foi o vice-líder em assistências na última temporada do futebol argentino e é o jogador que mais dá passes para gol na atual temporada. Ainda está no Top-10 dos jogadores que mais criam chances e mais driblam na Superliga Argentina. O Arsenal chegou a cogitar pagar 37 milhões de euros no camisa 7 xeneize antes de concretizar a compra de Aubameyang. Tem tudo para ser um dos grandes destaques do Boca na competição. Vai para a terceira Libertadores de sua carreira.

Vinícius Jr. (Flamengo) – 17 anos


O ponta contratado pelo Real Madrid por 45 milhões de euros dispensa comentários. Foi o melhor jogador e artilheiro do Sul-Americano sub-17 ano passado e subiu para o time profissional do Flamengo com apenas 16 anos. Foi destaque do rubro-negro na conquista da Taça Guanabara. Driblador, Vinícius vive fase goleadora no ano, com quatro gols, sendo o artilheiro da equipe em 2018. É reserva no time de Paulo César Carpegiani, mas sua titularidade já é pedida pela torcida há um bom tempo. Pode conquistar a vaga ao longo da competição.

Lautaro Martínez (Racing) – 20 anos


É a grande promessa do Racing. Comparado a Gabriel Batistuta, o atacante de 1,79m tem excelente presença de área. Está entre os cinco maiores goleadores da temporada na Argentina e também está entre os cinco jogadores que mais finalizam certo na Superliga. Esteve no Mundial sub-20 em 2017 e marcou dois gols. Foi vendido pelo Racing à Inter de Milão por um valor que pode chegar aos 27 milhões de euros, mas permanece no clube de Avellaneda até o final da fase de grupos, pelo menos. Além do clube italiano, Atlético de Madrid e Real Madrid disputavam a contratação do camisa 10.

Paulinho (Vasco) – 17 anos


O atacante foi o destaque do Vasco nas fases preliminares da Libertadores. Se tornou o jogador mais jovem a marcar com a camisa do cruzmaltino em São Januário e na competição continental. Foi um dos grandes nomes no 3º lugar do Brasil no Mundial sub-17 ano passado. Impressiona pelo seu porte físico apesar da pouca idade. Jogador de grande habilidade e bons chutes de média distância, o camisa 11 já soma cinco gols como profissional.

Wuilker Faríñez (Millonarios) – 20 anos


Ele já parou grandes nomes do futebol internacional, como Messi, Alexis Sánchez e Guerrero. O jovem goleiro é a grande aposta da Venezuela para conseguir chegar à Copa do Mundo pela primeira vez em sua história. Pegador de pênaltis, foi o grande herói da classificação venezuelana para a final do Mundial sub-20 em 2017, quando acabou ficando com o vice-campeonato. Faríñez também marcou um gol na competição. Depois disso, se tornou o titular da equipe principal da Vinotinto. Disputou a Libertadores do ano passado pelo Caracas e foi contratado pelo Millonarios no começo deste ano para tentar ajudar o atual campeão colombiano a desempenhar um bom papel na competição continental.

Nico De La Cruz (River Plate) – 20 anos


Se Faríñez foi o herói da classificação, Nico De La Cruz deve ter pesadelos com o goleiro venezuelano até hoje. Foi ele quem perdeu o pênalti decisivo na semifinal do Mundial sub-20, que acabou deixando o Uruguai de fora da final. O meia é irmão de Carlos Sánchez, volante e umas das peças fundamentais do River Plate na conquista da Libertadores em 2015. Deixou o Liverpool, do Uruguai, para se juntar à equipe argentina no meio do ano passado por influência do irmão. Tem o mesmo estilo de jogo de muita vitalidade e arrancadas em velocidade, mas tem uma criatividade maior que Carlos Sánchez, por isso joga um pouco mais adiantado. Foi vice-campeão da Libertadores sub-20 em 2016. Atualmente é reserva do River Plate, mas entra com regularidade no decorrer das partidas.

Jeison Lucumí (Atlético Nacional) – 22 anos


O Atlético Nacional tem se destacado por seus pontas rápidos. Foi assim com Berrío, Marlos Moreno, Ibargüen e Ibarbo nos últimos anos. E o nome da vez na equipe verdolarga é Jeison Lucumí. Os jogador, que se destacou pelo América de Cali, vem atuando como ponta-direita no time dirigido por Jorge Almirón. Foi um dos destaques da seleção colombiana no Sul-Americano sub-20 em 2015, marcando quatro gols, e no Mundial da categoria no mesmo ano. Foi contratado pelo Atlético Nacional no meio do ano passado.

Brayan Angulo (Emelec) – 22 anos


O atacante vive fase fenomenal no Emelec. Marcou 11 gols em seus últimos 10 jogos oficiais. Centroavante finalizador usa bem suas passadas largas para receber bolas em profundidade nas costas dos defensores adversários. O técnico do Emelec Alfredo Arias o considera “um jogador inteligente”, mas diz que lhe falta “fazer gols feios”. Vai para a disputa de sua quarta Libertadores, mas a primeira como titular, condição que ganhou no decorrer da temporada passada, quando marcou 16 gols, sendo vice-artilheiro da equipe.

Yeferson Soteldo (Universidad de Chile) – 20 anos


O baixinho meia de 1,60m foi mais um dos destaques do vice-campeonato da Venezuela no Mundial sub-20 do ano passado. Habilidoso, de boa visão de jogo. O venezuelano chegou à La U acima do peso e já perdeu mais de cinco quilos para estar em forma para a disputa da Copa Libertadores. Disputou a Libertadores com o Zamora em 2015.

Gonzalo Carneiro (Defensor Sporting) – 22 anos


Uma novela deixa o futuro do camisa 10 do Defensor Sporting. Pretendido pelo Grêmio, o jogador esteve perto de assinar com o tricolor, mas, devido a uma pubalgia, o clube ofereceu um contrato de produtividade, que foi recusado pelo agente do atacante. Canhoto e de 1,91m, é um jogador de muita força física e uma habilidade fora do comum para atletas com essa altura. Tem muita presença de área, nas palavras de Eduardo Acevedo, treinador do Defensor. Marcou 10 gols em 26 jogos em 2017. Seja pelo Grêmio ou pela equipe violeta, é um atacante para se ficar de olho na competição.

Gabriel Suazo (Colo-Colo) – 20 anos


Titular do Colo-Colo, é um jogador polivalente. Pode jogar tanto como volante, quanto como lateral ou ala-esquerdo. Tem um estilo de jogo típico dos volantes chilenos nos últimos tempos, como Marcelo Díaz, Charles Aránguiz e Felipe Gutiérrez. É menos um cão de guarda e mais um construtor de jogo recuado. Canhoto, faz muito bem a saída de bola do time, distribuindo as jogadas e organizando o jogo. Quando joga de lateral, costuma jogar mais por dentro. Estreou pela seleção chilena aos 19 anos no amistoso contra Burkina Faso, em junho de 2017. Pode-se considerar que vai para sua primeira Libertadores efetiva, já que atuou apenas nove minutos pela competição no ano passado.

Rodrygo (Santos) – 17 anos


Mais um dos intermináveis Meninos da Vila. A joia evita comparações, mas é considerados por muitos dentro do Santos como “o novo Neymar”. Atacante rápido e de drible fácil, Rodrygo já tem dois gols pelo time profissional do Peixe. É, também, o atleta mais novo a assinar um contrato com a Nike: se tornou mais um da lista de patrocinados pela empresa norte-americana aos 11 anos. Despertou o interesse do Liverpool ainda na base, mas ano passado renovou com o Santos até 2022, com uma multa rescisória fixada em 50 milhões de euros. Atualmente é reserva na equipe de Jair Ventura e vem sendo lançado pouco a pouco no time.

LEIA MAIS
CONMEBOL anuncia final da Libertadores em jogo único a partir de 2019
Confusão na final da Sul-Americana abre caminho para decisão da Libertadores no Peru

As melhores notícias de esportes, direto para você