Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Marc Márquez domina sábado de testes da MotoGP na Tailândia

Marc Márquez foi o piloto mais rápido do segundo dia de testes da MotoGP no circuito de Buriram, na Tailândia. Na atividade realizada na manhã deste sábado (17) no circuito localizado na cidade de Chang, o espanhol, que completa 25 anos hoje, foi o único a quebrar a barreira de 1min30s, marcando sua volta em 1min29s969 quando restavam menos de 20 minutos para o final da atividade.

Leonardo Marson
Jornalista com passagens pelas revistas Racing e House Mag.

Crédito: Foto: Honda

Márquez se alternou na ponta com Dani Pedrosa, seu companheiro de equipe. No final, o piloto da Honda número 26 acabou superado em 0s158 pelo campeão das últimas duas temporadas da MotoGP. Jack Miller, com uma Ducati da Pramac, foi o terceiro melhor, sendo seguido por Maverick Viñales, quarto com uma Yamaha da equipe oficial. O grupo dos cinco primeiros ainda contou com Johann Zarco, com uma Yamaha da Tech3.

Danilo Petrucci, companheiro de Miller na Pramac, acabou a atividade na sexta colocação, superando Álex Rins, sétimo com a Suzuki. Melhor da sexta-feira, Cal Crutchlow foi o oitavo com a LCR Honda, e ficou à frente dos dois pilotos da equipe de fábrica da Ducati, que viu o vice-campeão do mundo Andrea Dovizioso terminar à frente de Jorge Lorenzo. A equipe italiana aproveita as sessões para avaliar um novo chassi.

Valentino Rossi não teve o melhor desempenho nesta atividade, e completou o dia apenas com a 14ª colocação, 0s919 atrás de Márquez. 16º na folha de tempos, Bradley Smith foi o melhor piloto da KTM na sessão de testes, enquanto Aleix Espargaró teve o melhor rendimento entre os pilotos da Aprilia, anotando a 17ª melhor marca no circuito de Buririam.

Os testes da MotoGP na Tailândia seguem neste domingo (18), último dia de atividades de pré-temporada antes do início do campeonato.

Veja a classificação dos testes deste sábado:

1º – Marc Márquez (ESP/Honda) – 1min29s969 – 97 voltas
2º – Dani Pedrosa (ESP/Honda) – 1min30s127 – 71 voltas
3º – Jack Miller (AUS/Pramac Ducati) – 1min30s185 – 69 voltas
4º – Maverick Viñales (ESP/Yamaha) – 1min30s274 – 90 voltas
5º – Johann Zarco (FRA/Tech3 Yamaha) – 1min30s360 – 60 voltas
6º – Danilo Petrucci (ITA/Pramac Ducati) – 1min30s367 – 75 voltas
7º – Álex Rins (ESP/Suzuki) – 1min30s446 – 56 voltas
8º – Cal Crutchlow (ING/LCR Honda) – 1min30s490 – 85 voltas
9º – Andrea Dovizioso (ITA/Ducati) – 1min30s494 – 78 voltas
10º – Jorge Lorenzo (ESP/Ducati) – 1min30s729 – 57 voltas
11º – Andrea Iannone (ITA/Suzuki) – 1min30s775 – 76 voltas
12º – Tito Rabat (ESP/Avintia Ducati) – 1min30s855 – 69 voltas
13º – Álvaro Bautista (ESP/Ángel Nieto Ducati) – 1min30s883 – 89 voltas
14º – Valentino Rossi (ITA/Yamaha) – 1min30s888 – 65 voltas
15º – Takaaki Nakagami (JAP/LCR Honda) – 1min30s901 – 83 voltas
16º – Bradley Smith (ING/KTM) – 1min31s113 – 79 voltas
17º – Aleix Espargaró (ESP/Aprilia Gresini) – 1min31s130 – 65 voltas
18º – Franco Morbidelli (ITA/Marc VDS Honda) – 1min31s185 – 68 voltas
19º – Mika Kallio (FIN/KTM) – 1min31s598 – 99 voltas
20º – Scott Redding (ING/Aprilia Gresini) – 1min31s598 – 67 voltas
21º – Karel Abraham (TCH/Ángel Nieto Ducati) – 1min31s661 – 72 voltas
22º – Thomas Lüthi (SUI/Marc VDS Honda) – 1min31s994 – 71 voltas
23º – Hafizh Syahrin (MAL/Tech3 Yamaha) – 1min31s998 – 49 voltas
24º – Xavier Siméon (BEL/Avintia Ducati) – 1min32s267 – 60 voltas