Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

“Seria fantástico ter Felipe Massa”, diz CEO da Fórmula E

Desde que anunciou aposentadoria da Fórmula 1, no fim do ano passado, o nome de Felipe Massa é tido como um possível piloto da Fórmula E. O brasileiro já admitiu que deseja ir para a categoria dos monopostos elétricos. E no que depender do CEO da Fórmula E, Alejandro Agag, as portas estão abertas para Massa.

Matheus Adami
Jornalista, editor do Torcedores. Passagens pelos jornais Metro, O Estado de S. Paulo, Jornal da Tarde, Marca Brasil, Agora São Paulo, Diário de S. Paulo e Diário do Grande ABC.

Crédito: Divulgação

“Seria fantástico ter Felipe Massa na Fórmula E. É um grande piloto, uma figura mundial e um grande amigo. Seria fantástico”, disse o chefão da Fórmula E em entrevista exclusiva ao Torcedores.com em Santiago, no Chile, sede do E-Prix que acontece neste sábado (3).

O espanhol afirmou desconhecer qualquer negociação entre as escuderias da categoria com Felipe Massa e também com o alemão Nico Rosberg, ex-campeão da Fórmula 1 e “aposentado” desde 2016 – outro nome que fomenta rumores sobre uma migração para a Fórmula E.

“Como promotor do campeonato, não tenho relação direta com os pilotos. São as escuderias que contratam, então, não sei se há alguma negociação entre eles ou se são rumores”, justificou Agag.

Massa já esteve a bordo de um Fórmula E. No início do ano passado, o brasileiro testou um carro da Jaguar. À época, disse que foi “algo completamente diferente” de tudo que já pilotou. “O motor, os freios, os pneus e o downforce diferentes exigem um estilo de pilotagem distinto. Estou feliz com a experiência e com o que aprendi. Em geral, foi um dia realmente divertido”, afirmou.

Mais recentemente, quando se aposentou definitivamente da Fórmula 1, reiterou a vontade de ir para a Fórmula E, mas com calma. “Quero correr em um campeonato onde acredito que posso estar no topo, lutando nas corridas por vitórias e onde posso lutar pelo campeonato. Então, vou me preparar para encontrar o carro certo, a equipe certa para começar bem a temporada.”

E-PRIX DE SANTIAGO

O E-Prix de Santiago acontece nas ruas da capital chilena a partir das 17h (de Brasília) deste sábado (3). Ao longo de 2,46km (1,53 milhas) ao longo das avenidas Santa Maria, Cardenal José Maria Caro, Vicuña Mackenna, passando pelo Parque Florestal, pela Praça Baquedano e cruzando o rio Mapocho, os pilotos terão de completar 37 voltas em um circuito com 12 curvas.

Divulgação

CALENDÁRIO

Antes de chegar ao E-Prix de Santiago, a temporada 2017/2018 teve três corridas. Duas em Hong Kong, em dezembro, e uma em Marrakesh, no Marrocos, em janeiro.

Depois de Santiago, a categoria passará por Cidade do México (3 de março, Punta del Leste (17 de março), Roma (14 de abril), Paris (28 de abril), Berlim (19 de maio), Zurique (10 de junho) e, por fim, duas corridas em Nova York (14 e 15 de julho).

LEIA MAIS:
Chilenos se empolgam e esperam lucrar com ‘primeira vez’ da Fórmula E no país

*O jornalista Matheus Adami viajou à convite da ABB Fórmula E