Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Técnico do Defensor rasga elogios ao Grêmio após empate: “Excepcional, melhor da América”

Satisfeito com a reação do seu time nesta terça-feira, o técnico do Defensor Eduardo Acevedo fez rasgados elogios ao Grêmio após o empate em 1×1 pela estreia na fase de grupos da Libertadores. Os dois gols saíram no segundo tempo: Maicon abriu o placar para os gaúchos aos 35 e Maulella empatou para os mandantes aos 40.

Eduardo Caspary
Jornalista formado pela PUCRS em agosto de 2014. Dupla Gre-Nal.

Crédito: Foto: Site Grêmio

“Foi um jogo muito complexo. O Grêmio é o melhor time da América. Muito superior ao nosso. Tem muita posse de bola, é preciso. Não poderíamos pressionar. Meu time joga pressionando no Uruguai, mas aqui não temos um time como o Grêmio. Quando vi o jogo contra o Independiente, que ficou com 10 nos dois jogos e causou muitas dificuldades ao Grêmio porque se postou atrás, vi que poderia fazer isso. Vi contra o Cruzeiro, contra o Novo Hamburgo, mas era um time bem diferente. O Grêmio é um time excepcional. De longe o melhor do continente”, elogiou Acevedo.

Mercado em CASA

Clique aqui para ter 50% off!

Ainda na linha dos elogios, o comandante do Defensor disse que o Grupo A só tem uma vaga, já que uma delas será do Grêmio. Acevedo, na coletiva, “colocou” os gremistas já na próxima fase da Libertadores.

“Meus jogadores entenderam o que eu pedi, mesmo mudando totalmente nossa forma de jogar. Empatamos e foi muito importante. Estamos brigando com o Cerro (Porteño, do Paraguai) por esta vaga. O Grêmio vai classificar e pontuar contra o Grêmio é muito importante. Todos os grupos são parelhos, mas o nosso tem o Grêmio, que é uma vaga a menos”, salientou.

Com um ponto, o Grêmio larga em segundo no Grupo A, que também nesta terça-feira teve a vitória fora de casa do Cerro Porteño por 2×0 sobre o Monagas, da Venezuela. No dia 4 de abril, o tricolor joga a segunda rodada na Arena, em Porto Alegre, contra a equipe venezuelana. Antes, no dia 13 de março, o Defensor visita o Cerro, no Paraguai.

LEIA MAIS:

Maicon se irrita após empate no final: “A sensação é de derrota”

Três títulos em três anos: cada vez mais ídolo, Kannemann explica grande fase do Grêmio

As melhores notícias de esportes, direto para você