Tiago destaca importância de triunfo no Ba-Vi para o Bahia

Capitão do Bahia desde o ano passado, o zagueiro Tiago vai colocar mais um clássico Ba-Vi em seu currículo, neste domingo (17), no Barradão.

Victor de Freitas
Baiano, 25 anos, jornalista formado pela Universidade Jorge Amado (UniJorge). Apaixonado por esportes em geral, de preferência basquete, tênis e futebol. Contato: victorw10@outlook.com

Crédito: Foto: Divulgação/ECBahia

Presente em todos os sete Ba-Vis de 2017, Tiago acumulou experiências especialmente em uma série de jogos decisivos contra o rival do Bahia no primeiro semestre, além de duelos diretos no Brasileirão.

Entrevistado do dia no CT do Fazendão, o defensor falou sobre a experiência adquirida em 2017 e sobre a importância de conquistar o triunfo no primeiro clássico da nova temporada.

“Cada Ba-Vi foi uma história diferente. Os primeiros foram jogos muito nervosos, acirrados, de discussões, brigas… E, a partir dos próximos, as coisas foram tranquilizando, a gente conseguiu botar a bola no chão e jogar, que é o que realmente importa e que a gente precisa nesse jogo. O Ba-Vi é um jogo diferente, que vai além dos três pontos, mas, neste momento, a gente tem que focar nos três pontos, que vão nos dar tranquilidade e acesso ao pelotão de frente”, comentou o jogador.

“O Ba-Vi tem sua importância, por ser clássico, um jogo diferente, que vai além dos três pontos. Mas, para nós, nesse momento, claro que os três pontos mais nos interessam. Precisamos dos pontos. Estamos em uma colocação em que não estamos confortáveis, então precisamos muito desses três pontos para que possamos melhorar, entrar no G-4 e, aí sim, possamos voltar a ter mais tranquilidade para trabalhar”, acrescentou.

Nos sete clássicos do ano passado, o Bahia venceu duas vezes, contra dois triunfos do rival rubro-negro. Houve ainda três empates.