Mídia Esportiva

Comentaristas detonam veto do Botafogo ao jogo do Flamengo no Nilton Santos

Publicado às

Foi editor do semanário BolanoBarbante, apaixonado por esportes, entusiasta das corridas de rua e dos jogos de tênis.

Crédito: Vitor Silva/SSPress/Botafogo

O Botafogo divulgou oficialmente o veto para que a final da Taça Guanabara entre Flamengo x Boavista aconteça no Nilton Santos. A decisão tomada pelos dirigentes do time da Estrela Solitária geraram várias críticas entre os comentaristas esportivos, que reprovaram a postura principalmente após a confirmação que a motivação foi o  “chororô” feito pelo atacante Vinícius Júnior.

“A decisão foi tomada unicamente em função da comemoração de gol do atleta adversário, praticando – no entendimento dos botafoguenses – desrespeito à Instituição Botafogo, que é representada pelos seus atletas, sócios e torcedores”, afirma um trecho do comunicado oficial do Botafogo, explicando o veto.

“Eu me recuso a acreditar que o motivo do veto é o “chororô” do Vinicius Júnior”, comentou o jornalista Carlos Cereto no programa Redação Sportv.

Por outro lado, a crítica de Carlos Eduardo Mansur foi relativo às dificuldades financeira do Botafogo e que sem dúvida, a final no Nilton Santos seria uma fonte de renda para o clube.

“O clube tem sérias dificuldades para fazer a conta do estádio fechar, precisa fazer ele ser usado com mais frequência e acaba se prejudicando em função de uma discussão desse nível. Isso mostra também como o futebol por vezes é governado de fora para dentro. Porque não é difícil imaginar a quantidade de vezes que o telefone do presidente do Botafogo tocou desde a comemoração do Vinicius Junior dizendo “os caras debocharam da gente. Vai deixar gritarem ‘É campeão’ na nossa casa?”, criticou Mansur no programa matinal do Sportv.

Por fim, Sérgio Xavier lembrou que o estádio foi construído pela prefeitura do Rio de Janeiro e  caracterizou o episódio de infantilidade.

“Quem ergueu o Nilton Santos? Quem pagou a construção do estádio? Dinheiro público. Esse estádio foi erguido por todo mundo, inclusive por rubro-negros. Eu acho isso uma insanidade. Eu passei o ano passado inteiro defendendo coisas do Botafogo, atitudes, um clube com situação complicadíssima, mas que foi muito bem no geral. Mas isso aí foi uma infantilidade”, analisou Xavier.

LEIA MAIS:

Opinião: A nota divulgada pelo Botafogo foi lamentável