Após superar lesão, Lucas Gomes busca espaço na Europa

O Torcedores.com conversou com Lucas Gomes, 22 anos, que superou uma lesão no joelho para jogar na Europa. O atual atacante do Egnatia, da Albânia, já atuou pelo Sannat Lions, de Malta, em 2017. Anteriormente, Gomes defendeu as cores do Presidente Prudente-SP (2017), Doze-ES (2017) e a Ranchariense-SP (2016).

Eduardo Mustafa
Colaborador do Torcedores

Confira o bate papo com Lucas Gomes:

Torcedores: Como está sendo sua experiência na Albânia?
Lucas Gomes: Está sendo muito interessante, apesar de recente. Já passei um período na Europa e vivenciado um pouco do futebol “força”, o que de certa forma pode me ajudar. Mas agora aqui é tudo novo, tanto os jogadores como o treinador, com isso precisamos entender a mentalidade para conseguir ajudar a equipe.

Mas um grande diferencial está sendo a condição climática adversa, tanto nos treinos como principalmente nos jogos. Estamos em um inverno rigoroso, o que acaba não favorecendo muito a técnica, que é a minha principal característica. Mas estou trabalhando forte e espero me adaptar o mais rápido possível. Acredito que com humildade e trabalho duro vou conseguir conquistar meu espaço e ajudar o clube.

Está em dúvida sobre qual curso de faculdade escolher?

Torcedores: Quais são suas expectativas por aí? Fazer um bom ano e ficar na Europa?
Lucas Gomes: Estou confiante no projeto proposto pelo meu empresário e também pelo clube, que é fazer um bom final de temporada junto aos meus companheiros para alcançar a sonhada promoção para a Super Liga. Individualmente falando, vai servir de preparação e qualificação para me transferir para um grande centro do futebol na próxima temporada, possibilitando novos projetos e ambições. Mas claro, sempre pensando passo a passo.

Torcedores: Você já disputou Copa São Paulo e algumas divisões de acesso, quais foram os principais aprendizados que leva dessas experiências?
Lucas Gomes: Disputei a Copa São Paulo muito novo, mas foi um momento muito especial, onde obtive muito aprendizado e percebi que poderia chegar mais longe no futebol. Mesmo sendo um jogador jovem acredito que já passei por algumas experiências importantes do futebol, principalmente disputando a Divisão de Acesso. Mas sou muito grato a Deus por tudo que passei, por todos os amigos que fiz e pelo aprendizado.

Torcedores: Você superou cirurgias no joelho e passou por momentos difíceis. Como foi essa superação?
Lucas Gomes: Sem sombra de dúvidas foram os momentos mais difíceis da minha vida. Elas aconteceram quando estava individualmente muito bem. Além disso, era um momento de transição, atrasando a minha profissionalização. Mas é nesse momento difícil que sempre busquei a Deus e a minha família, que sempre esteve ao meu lado, sendo minha base e meu maior incentivo para dar a volta por cima.

Quero aproveitar a oportunidade para agradecer grandes profissionais que fiz durante a recuperação. Posso afirmar que não teria voltado ao esporte sem eles: Pro Saúde Health Coach, Felipe Smaniotto (fisioterapeuta), Igor Cardeal (CTF Biolife), Dr. Rodrigo Egger (I.v.ot.), Tim e a Família Shirabe (Fisioterapia). Foram sem dúvida verdadeiros anjos em minha vida. A todos esses grandes amigos deixo o meu mais sincero obrigado e meu eterno carinho.

Quem chega e quem sai dos clubes?

 

Apresentação no Egnatia

  • Perfil do Atleta

Nome: Lucas Augusto Silva Gomes
Posição: Atacante
Nascimento:16/06/1995

Clubes:
– F.K.Egnatia (Albânia): 2018
– Sannat Lions (Malta): 2017
– Presidente Prudente-SP: 2017
– Doze-ES: 2017
– A.A.Ranchariense: 2016