Extra-campo

Empresa processa Fluminense por dinheiro de venda de Gerson

Publicado às

Colaborador do Torcedores

Crédito: Crédito da foto: Mailson Santana/ FFC

O Fluminense está sendo alvo de uma ação na Justiça. De acordo com informações do site Explosão Tricolor, do  Uol Esporte e do Globoesporte.com, uma empresa estaria processando o Tricolor por parte dos valores da negociação do meia Gerson com a Roma.

Uma empresa chamada MPI, cuja sede fica em Luxemburgo, estaria cobrando R$ 4,9 do Flu por um percentual que o clube acabou não repassando à empresa pela negociação do meia. O grupo era dono de uma fatia dos direitos econômicos do jogador.

Peter Siemsen, ex-presidente do Fluminense, foi o responsável pela ida de Gerson para o futebol italiano. No acordo da negociação com a Roma, ficou acertado que 12,5% dos valores da negociação para o MPI, que seriam divididos em quatro parcelas. E três delas já foram vencidas, sem que o clube fizesse o pagamento de tais prestações.

Ainda há uma parcela final, que tem prazo para acabar ainda em 2018. O Fluminense conseguiu antecipar o dinheiro da venda de Gerson para a Roma, de 16 milhões de euros. Mas nenhum dos pagamentos teria sido feito aos outros detentores dos direitos econômicos do meia.

O clube já teria conhecimento da ação, mas por ainda não ter sido citado oficialmente, não fez pronunciamentos. Apenas quando isto acontecer é que o Flu poderá emitir seu lado do caso.

LEIA MAIS

São Paulo deposita parte da compra de Diego Souza ao Flu, em juízo

Flu fecha parceria visando melhorias nos CTs

(Crédito da foto: Mailson Santana/ FFC)