Marketing Esportivo

Eurico Miranda explica contrato de patrocínio: “Achei que seria muito bom para o Vasco”

Publicado às

Colaborador do Torcedores

Vasco

Crédito: Foto: Paulo Fernandes/Vasco

O Vasco da Gama ainda aguarda uma posição definitiva da Lasa, empresa com a qual assinou contrato de patrocínio, para saber em que status está a parceria entre ambos. Sem efetuar o pagamento dos valores no prazo estipulado, a empresa pode ter o contrato rescindido com o time carioca. Oficialmente, o prazo para a resposta da Lasa ainda não acabou, mas internamente a diretoria vascaína não tem esperanças de um desfecho positivo.

Questionado sobre a situação pelo UOL Esportes, Eurico Miranda, ex-presidente vascaíno, ressaltou que na assinatura do contrato não havia ideia dos problemas que estão acontecendo. Segundo ele, o Gigante da Colina tem a opção de exigir a multa rescisória.

“Claro que não (se sabia da situação). Não tem qualquer tipo de problema. No contrato assinado tem multa rescisória. É só executar essa multa. Para cima de R$ 2 milhões” – disse o ex-presidente do clube – “Quando assinei o contrato a empresa estava em plena atividade, a proposta era muito boa e eu achei que seria muito bom para o Vasco. Tem a multa rescisória. Se não cumpre o lado que tem que cumprir, tem que pagar. É só executar a multa”. 

LEIA MAIS:
Ríos comenta falta de gols pelo Vascão e explica como está ajudando o time

Crédito da Foto: Paulo Fernandes/Vasco