Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Ex-meia do Manchester United pode defender a seleção da Jamaica

Ravel Morrison, ex-jogador do Manchester United que atualmente defende o Atlas-MEX, pode defender a seleção da Jamaica. O atleta vai se reunir com representantes da equipe para definir se aceita ou não o convite. Em setembro de 2017, o meia conseguiu a dupla cidadania e se tornou apto a defender o time local. As informações são da BBC Sports.

Matheus Camargo
Jornalista formado pela Universidade Estadual de Londrina (UEL), colaborador do Torcedores.com desde 2016, radialista na Paiquerê 91,7.

Crédito: Lingard, Pogba e Morrisson nas divisões de base do Manchester United (Man United/Getty Images)

Morrison é da mesma geração de Paul Pogba e Jesse Lingard e estreou pelo United em 2011, aos 18 anos. Enquanto o francês fez sucesso na Juventus após deixar a equipe e depois retornar por um valor milionário e Jesse se tornou peça importante na equipe de Mourinho, o meia, que já foi descrito como “o melhor jogador jovem que já atuou junto” pelo zagueiro e ídolo dos Red Devils, Rio Ferdinand, começou a rodar por times ingleses até deixar o continente.

Aos 25 anos, o meio-campista passou por West Ham, Birmingham, Queens Park Rangers, Cardiff e Lazio-ITA, antes de se transferir para o futebol mexicano. Ele passou por todas as divisões de base da seleção inglesa.

Eterna promessa – Visto como uma das grandes promessas das divisões de base do Manchester United no início da década, Morrisson jamais se firmou na equipe inglesa. Foram apenas três jogos, todos entrando na segunda etapa, e nenhum gol ou assistência. Chamado de craque por Ferdinand pela técnica apurada, rodou por clubes menores e pela Lazio e nunca foi titular absoluto. A equipe que mais atuou foi o Birmingham, onde disputou 30 partidas, marcou três gols e deu três assistências.

LEIA MAIS:
ATACANTE PERDE GOL INCRÍVEL NA LIGA DOS CAMPEÕES DA ÁSIA