Governo da Islândia fará boicote diplomático da Copa do Mundo-2018

Mais um país anunciou que boicotará diplomaticamente a Copa do Mundo de 2018. O governo da Islândia divulgou comunicado afirmando que nenhuma de suas autoridades irá para a Rússia para assistir ao Mundial. O motivo é o ataque feito a um ex-agente russo, Sergei Skripal e sua filha, ocorrido na Inglaterra.

Victor Martins
Um homem que acredita ser jornalista, escritor e 'chato'. Decidam vocês qual será a opção escolhida.Formado na Universidade Metodista de São Paulo. No Torcedores desde 2016 ou algo parecido.

Crédito: Reprodução/Site Oficial da Fifa

“O governo islandês decidiu manifestar solidariedade ao Reino Unido e a outros estados do Ocidente na resposta ao ataque químico ocorrido em Salisbury no começo deste mês. Este ataque é uma grave ameaça às leis internacionais e ameaça a paz e a segurança na Europa. Todos os aliados e parceiros mais próximos da Islândia decidiram tomar medidas como resposta ao ataque. Algumas das medidas tomadas pelo governo foram interromper as relações bilaterais com autoridades russas. E a Islândia não enviará seus líderes para assistir a Copa do Mundo, no verão”, declarou o comunicado do governo local.

O ataque a Skripal causou uma série de medidas de outros governos contra a Rússia. Diversos países anunciaram a expulsão de diplomatas russos como consequência da falta de respostas do país quanto ao ataque. A substância, um agente químico, teria sido usada por pessoas ligadas ao governo de Vladimir Putin. O ex-agente uma série de denúncias sobre agentes do país a governos estrangeiros e chegou a ser preso. Desde 2010, ele vive no Reino Unido.

Conheça a 1xBet:

Um novo jeito de fazer sua aposta esportiva!

O Reino Unido já se pronunciou que não enviará suas principais autoridades para a Copa do Mundo. Há a especulação de que a seleção da Inglaterra fosse também não comparecer à Copa devido ao caso envolvendo o ex-agente.

LEIA MAIS

McDonald’s vai levar 11 crianças para Copa na Rússia

(Crédito da foto: Reprodução/Site Oficial da Fifa)