“Precisava ter mais agressividade”, afirma Louzer sobre derrota do Guarani

O Guarani acabou derrotado pela Portuguesa fora de casa pela penúltima rodada do Campeonato Paulista da Série A2. Após a partida, o Umberto Louzer resolveu não poupar críticas ao modo como o Bugre atuou no tropeço diante da Lusa.

Victor Martins
Um homem que acredita ser jornalista, escritor e 'chato'. Decidam vocês qual será a opção escolhida.Formado na Universidade Metodista de São Paulo. No Torcedores desde 2016 ou algo parecido.

Crédito: Divulgação/Site Oficial Guarani

O treinador bugrino criticou a falta de agressividade da equipe e a má atuação geral de seus comandados no jogo, que não permitiu ao Bugre conseguir confirmar a primeira colocação da primeira fase da competição.

“Sabíamos das dificuldades de enfrentar a Portuguesa. Precisávamos ter mais agressividade. Fomos falhos hoje e pagamos o preço de não sairmos com um bom resultado. Tem que tirar lição. A partida foi muito abaixo e sofremos. Que sirva de lição”, declarou Louzer na coletiva pós-jogo.

O técnico do Guarani disse não temer que tal derrota possa influenciar nos jogos semifinais da Série A2. Por se tratar de uma, na visão de Louzer, ‘jornada ruim’, o treinador ressaltou a confiança em seus comandados e vê tal derrota acontecer na ‘hora certa’.

“Acho que seja apenas uma jornada ruim. O time não é imbatível. Precisamos do coletivo. Tenho certeza que vamos dar uma resposta muito boa. Por conhecer esses atletas e ver a indignação deles, vamos chegar fortes no dia seguinte para dar o passo rumo ao acesso. Em algum momento, a gente tinha que perder. Hoje teve uma jornada ruim, felizmente perdeu no momento certo”, disse.

Quem chega e quem sai dos clubes?

 

LEIA MAIS

Paulista Série A3: Penúltima rodada define mais classificados

Campeã olímpica pede ajuda no Twitter para completar álbum da Copa

(Divulgação/Site Oficial Guarani