Melhor do Carioca? João Paulo está no Top-5 nas principais estatísticas no campeonato

Neste sábado, às 17h, o Botafogo enfrenta o Flamengo pela terceira rodada da Taça Rio. Se o rubro-negro tem a melhor campanha da competição até o momento, o alvinegro tem o destaque da competição. Pelo menos nas estatísticas.

Renato Senna
Colaborador do Torcedores

Crédito: Vitor Silva/SSPress/Botafogo

Os números de João Paulo impressionam. O jogador está entre os cinco melhores nas estatísticas de sete fundamentos importantíssimos: passes certos, chances criadas, viradas de jogo certas, cruzamentos certos, desarmes, lançamentos certos e faltas sofridas.

Em quatro fundamentos, o volante do Botafogo é líder: passes certos, chances criadas, viradas de jogo certas e faltas sofridas. Com a função de coordenar a saída de bola do alvinegro, o gaúcho de 26 anos tem 358 passes certos na competição, 18 a mais que o segundo colocado Renê, do Flamengo. Ninguém cria mais chances (14) nem acerta mais viradas de jogo (7) que o botafoguense. Além disso, ele é o jogador mais caçado do Carioca, com 19 faltas sofridas.

Em dois fundamentos, o camisa 8 aparece como vice-líder. Com 12 cruzamentos certos, ele é o segundo jogador que mais acerta cruzamentos, perdendo apenas para Junior Sornoza, do Fluminense. Além disso, João Paulo é o segundo atleta que mais acerta lançamentos. Um dado curioso é que o volante é o único jogador de linha entre os cinco líderes da estatística. O alvinegro ainda aparece como o quinto maior ladrão de bola da competição, com 16 desarmes.


As estatísticas são do Footstats.

Mudança de posição

Uma das explicações pode ser a mudança de posição do jogador do ano passado para a atual temporada. Em 2017, o Botafogo tinha um esquema mais defensivo e priorizando menos a posse da bola. No quarteto de meio campo da equipe de Jair Ventura, João Paulo era o jogador mais avançado e responsável pela ligação com os homens de frente.

Já na chegada de Felipe Conceição, o Glorioso passou a atuar num esquema com dois volantes e um trio de homens à frente. Assim, o então jogador mais avançado se transformou em segundo volante. Hoje, o camisa 8 é o responsável por iniciar as jogadas do alvinegro e pela distribuição do jogo.

Mapa de calor de João Paulo nas duas partidas com Alberto Valentim no comando do Botafogo (Fonte: Footstats)

“Quando cheguei no início disse que poderia fazer as três funções no meio, fico feliz de estar mantendo a regularidade, jogando de titular. Valentim dá liberdade para a gente chegar, pisar na área, mas são as circunstâncias do jogo. O Valencia por ter característica mais ofensiva apoia mais, e eu e Lindoso nos revezamos na cobertura. Muitas vezes eu tenho ficado um pouco mais para dar esse equilíbrio.”, disse João Paulo em entrevista coletiva na última quinta-feira.

LEIA MAIS
Botafogo pode ter novidade no clássico contra o Flamengo