VITÓRIA SOBRE O ATLÉTICO DÁ AO CRUZEIRO O TÍTULO MINEIRO. RENDIMENTOS ULTRAPASSAM OS 700%

Deu Cruzeiro na grande final do Campeonato Mineiro de 2018. Na tarde deste domingo (08), a Raposa mostrou enorme poder de recuperação para reverter a vantagem obtida pelo Galo na partida de ida, e diante de um público de cerca de 50 mil pessoas no Mineirão, voltou a conquistar um título estadual após quatro anos.

Odds Shark
Parceiro do Torcedores.com.

Crédito: Cruzeiro (Facebook Oficial)

A seguir, você confere tudo que aconteceu na decisão e fica sabendo quanto o triunfo cruzeirense rendeu no mercado de apostas esportivas. As cotas são do Oddsshark.com.

Conheça a 1xBet:

Um novo jeito de fazer sua aposta esportiva!

CRUZEIRO LEVA MAIS UMA NO MINEIRÃO

A derrota por 3×1 para o Atlético Mineiro no primeiro jogo da final, no Estádio Independência, foi a primeira da até então impecável campanha cruzeirense. O resultado deixou o clima pesado na Toca da Raposa, o time voltou a jogar mal contra o Vasco pela Libertadores, e chegou a ser vaiado pela torcida. Entretanto, os comandados de Mano Menezes souberam fazer valer seu retrospecto de 100% de aproveitamento atuando no Mineirão, e superaram seus arquirrivais pelo placar necessário para garantir o título.

A partida começou tensa, mas apoiado por 50 mil pessoas, e precisando vencer, o Cruzeiro buscou tomar a iniciativa. O primeiro gol saiu logo aos três minutos, com Arrascaeta completando de cabeça um cruzamento de Edílson. O Galo respondeu aos 19, com uma cobrança de falta de Cazares que levou perigo, mas ficou com um a menos dois minutos depois, quando Otero, um dos seus principais jogadores, foi expulso por dar uma cotovelada em Edílson.

Veio a etapa complementar e parecia apenas questão de tempo para que a Raposa chegasse ao segundo gol, o que efetivamente aconteceu aos sete minutos. Robinho fez uma boa jogada pela direita e cruzou rasteiro para o meio da área. Thiago Neves apareceu como um centroavante para concluir sem chances para o goleiro Victor.

O Atlético passou então a buscar um gol que valeria o título, mas diante de um adversário bem postado, pouco conseguiu levar perigo, e ainda cedeu espaços para os contra-ataques. Já nos acréscimos, Patric fez falta dura em Cabral e foi mandado mais cedo para o chuveiro, deixando o Galo com dois a menos. Já não havia o que fazer, e pela 37ª vez, a festa foi azul na terra do pão de queijo.

Alheio às comemorações, o técnico Mano Menezes já projeta os desafios que virão pela frente, e espera ter tranquilidade para trabalhar:

“Agora podemos pensar com calma no Campeonato Brasileiro. Uma semana pode acontecer muita coisa. Temos tempo para pensar no Grêmio e mais ainda para pensar na Libertadores.”, observou o comandante na coletiva pós-jogo.

Os dois times estreiam pelo Brasileirão no próximo final de semana. No sábado, o Cruzeiro fará um duelo de campeões estaduais contra o Grêmio, e o Atlético Mineiro joga contra o Vasco, que também amargou um vice no Campeonato Carioca, no domingo, em São Januário.

LUCRO CHEGA A 714%

Quem não desanimou após a derrota no Independência, e insistiu em apostar na vitória cruzeirense no segundo jogo, foi bem recompensado com um rendimento de 69%. O Oddsshark.com aponta também que aqueles que cravaram o placar de 2×0 se deram ainda melhor, embolsando R$ 8,14 por cada real apostado. A conquista do título pagou R$ 3,37/R$ 1,00.

Na modalidade “ambos os times marcam”, deu sorte quem apostou no não, e chegou perto de dobrar o valor da aplicação, obtendo um lucro de 94%. Mesmo os mais conservadores, que optaram pela segurança das apostas que anulam o empate, levaram R$ 1,29 por cada real apostado.

Na lista abaixo, você confere quanto renderam as apostas na decisão mineira.

Vitória do Cruzeiro: R$ 1,69/R$ 1,00

Conquista do título pelo Cruzeiro: R$ 3,37/R$ 1,00

Placar de 2×0: R$ 8,14/R$ 1,00

Ambos os times marcam: Não R$ 1,94/ R$ 1,00

Empate anula a aposta: R$ 1,29/ R$ 1,00

FICHA DO JOGO – CRUZEIRO 2×0 ATLÉTICO MINEIRO

Cruzeiro: Fábio, Edilson (Mancuello), Léo, Dedé, Egídio, Henrique, Ariel Cabral, Robinho (Rafinha), Thiago Neves, Arrascaeta (Ezequiel) e Rafael Sóbis. Técnico: Mano Menezes.

Atlético Mineiro: Victor; Patric, Leonardo Silva, Gabriel e Fábio Santos; Adilson, Elias (Roger Guedes) e Cazares; Luan (Gustavo Blanco), Otero e Ricardo Oliveira (Erik). Técnico: Thiago Larghi

Final do Campeonato Mineiro 2018. Local: Estádio Mineirão, Belo Horizonte (MG). Data: 08 de Abril de 2018, Domingo. Horário: 16h (de Brasília). Árbitro: Luiz Flávio de Oliveira. Auxiliares: Marcelo Carvalho Van Gasse e Miguel Cataneo Ribeiro Costa. Gols: Arrascaeta, aos 3 minutos do primeiro tempo, Thiago Neves, aos 7 minutos do segundo tempo (Cruzeiro). Cartões amarelos: Ricardo Oliveira, Patric (Atlético); Edilson, Thiago Neves, Léo, Robinho, Egídio, Ariel Cabral (Cruzeiro). Cartões Vermelhos: Otero, Patric (Atlético Mineiro). Público Pagante: 44.253. Renda: R$ 1.590.673,00.