Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

70 dias para a Copa: veja os 10 maiores artilheiros da Argentina no torneio

A Copa do Mundo Fifa 2018 terá seu pontapé inicial no dia 14 de junho, na partida entre Rússia e Arábia Saudita. Enquanto a hora não chega, o Torcedores.com apresenta uma série de curiosidades sobre a história do torneio. Veja hoje quem são os 10 maiores artilheiros da Argentina na Copa do Mundo.

Matheus Camargo
Jornalista formado pela Universidade Estadual de Londrina (UEL), colaborador do Torcedores.com desde 2016, radialista na Paiquerê 91,7.

Crédito: Luis Acosta/AFP

Gabriel Batistuta – 10 gols
O ‘Batigol’ é o maior artilheiro da Argentina na história das Copas do Mundo. Foram três participações no torneio: 1994, 1998 e 2002. Em 12 jogos disputados, 10 gols marcados.

Guillermo Stabile – 8 gols
O artilheiro teve média de gols impressionante na Copa do Mundo de 1930 – a única que disputou na carreira. Foram 4 jogos disputados e 8 gols. Encerrou o torneio com o vice-campeonato e o prêmio de maior goleador.

Diego Maradona – 8 gols
‘El Pibe’ esteve em quatro Copas do Mundo. Foram 21 jogos, um título e um vice-campeonato. Maradona marcou 8 vezes nas copas de 1982, 1986 (campeão), 1990 (vice-campeão) e 1994.

Mario Kempes – 6 gols
O centroavante disputou as copas de 1974, 1978 e 1982, mas só marcou gols na segunda: e como marcou. Foi o artilheiro daquela Copa do Mundo, com 6 gols, e terminou como artilheiro e melhor jogador da competição. Foram 18 partidas pela Argentina na competição.

Gonzalo Higuaín – 5 gols
Sempre criticado e visto como “pipoqueiro” pelos argentinos, o atacante da Juventus tem ótimos números em Copas do Mundo. Higuaín disputou as copas de 2010 e 2014, disputou 11 partidas e fez 5 gols.

Lionel Messi – 5 gols
O astro do Barcelona é outro que suporta críticas por não ganhar títulos com a seleção – mesmo que já tenha levado a equipe a várias finais. Messi disputou a Copa de 2006, de 2010 e de 2014, quando foi vice-campeão. Ao todo, foram 14 partidas e 5 gols.

Daniel Bertoni – 4 gols
Campeão do mundo em 1978, Bertoni disputou também a Copa do Mundo de 1982, na Espanha. O atacante disputou 11 jogos e marcou 4 vezes – duas em cada torneio.

Claudio Caniggia – 4 gols
Carrasco do Brasil em 1990, Caniggia gastou todos seus gols em Copas do Mundo naquele ano. Disputou ainda o torneio nos EUA, em 1994, e na Coréia do Sul e no Japão, em 2002. Foram 10 partidas e 4 gols.

Hernán Crespo – 4 gols
O artilheiro esteve presente em 1998, 2002 e 2006. Disputou 8 jogos e marcou 4 gols. Nunca foi muito longe na competição.

Rene Houseman – 4 gols
Outro campeão do mundo, Houseman esteve em todas as partidas nas Copas do Mundo de 1978 e 1982 – 12 no total. Foram 4 gols marcados.

LEIA MAIS:
77 DIAS PARA A COPA: RELEMBRE OS CAPITÃES QUE LEVANTARAM A TAÇA