Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Andrés Sanchez esclarece mudança de data de treino aberto do Corinthians

Momentos após o Corinthians anunciar em nota oficial a antecipação do treinamento aberto à torcida de sábado (7), das 10h, para sexta-feira (6), às 20h, o presidente Andrés Sanchez concedeu entrevista coletiva e afirmou que partiu dele a iniciativa em alterar a data da atividade, após saber de ameaça de cancelamento.

Rafael Alaby
Rafael Alaby é jornalista diplomado pela FIAM (Faculdades Integradas Alcântara Machado), com passagens pela Chefia de Reportagem de Esportes, da TV Bandeirantes, em São Paulo e site KiGOL. Pós-graduado em Jornalismo Esportivo e Negócios do Esporte (FMU)

Crédito: Reprodução/Esporte Interativo

“Tinha marcado uma reunião hoje na FPF para falar dos treinos abertos. Chegando lá, não teve a reunião e decidi transferir o treino para amanhã às 20h. Nosso torcedor tem que entender que esse incentivo será importante e me antecipei que mudaria, até porque tinha a informação que a Promotoria ia entrar com ação judicial para não ter treino aberto, uma das partes queria que não tivesse. Então me antecipei e mudei o treino“, disse Andrés.

No início da semana, o MP (Ministério Público) e a Polícia Militar fizeram pedido para que os treinamentos de Corinthians e Palmeiras, às vésperas da decisão do Paulistão, não ocorressem no mesmo dia, temendo possíveis conflitos entre torcedores rivais na capital paulista e na linha vermelha do metrô, que dá acesso ao Allianz Parque, na zona oeste, e Arena Corinthians, na zona leste.

O promotor do MP, Paulo Castilho, chegou a afirmar que se conflitos ocorressem, a culpa seria tanto do corintiano Andrés Sanchez quanto do mandatário palmeirense Maurício Galliote.

Andrés Sanchez pediu desculpas ao torcedor corintiano e prometeu ressarcir quem doou um quilo de alimento em troca do ingresso e não puder comparecer à Arena na noite de sexta. Mais de 40 toneladas foram arrecadas na quarta-feira.

“Pedir desculpas, é uma coisa de força maior, iam proibir o treino aberto. Quem não puder ir, procure o clube que vamos ressarcir. Pensamos no cidadão comum, no nosso torcedor e permitir que o torcedor dê seu apoio. Será uma das maiores festas vistas num campo de futebol“, declarou.

VEJA TAMBÉM:

Corinthians altera data e horário do treino aberto na Arena