Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Barcelona goleia Sevilla e é campeão da Copa do Rei pela quarta temporada seguida

Neste sábado (21), Sevilla e Barcelona se enfrentaram na final da Copa do Rei 2017/18. Os catalães foram superiores e venceram por 5 a 0, com dois de Suárez, um de Messi, um de Iniesta e um de Coutinho. Com isso, levantaram a taça da competição nacional pela 30ª vez em sua história, na quarta temporada consecutiva.

Karoline Tavares
Colaboradora do Torcedores.com que gosta de Fórmula 1 e basquete.

Crédito: Foto: Reprodução/Twitter Barcelona

Nos primeiros minutos de jogo, só dava Barcelona. Tanto é que não demorou muito para que a equipe abrisse o placar. Aos oito minutos, em cobrança de falta, Lionel Messi manda uma bomba, mas o goleiro Soria faz a defesa. Quatro minutos mais tarde, depois de jogada iniciada com o goleiro Cillessen, Philippe Coutinho consegue penetrar na área e tocar para Luis Suárez apenas empurrar para o gol.

Aos 17, foi a vez do Sevilla tentar, mas Correa pegou muito mal na bola e isolou. Aos 22, Jesús Navas arma a jogada e cruza para N’Zonzi, que chuta fraco e vê a bola sair pela linha de fundo. Cinco minutos mais tarde, foi a vez do Barcelona chegar. Em partida excepcional, Iniesta lança para Suárez, que tenta de fora da área, mas a bola resvala em Messi e vai direto no travessão. Um minuto depois, foi a vez da resposta do Sevilla. Após cruzamento de Navas, Vázquez sobe para cabecear, mas a bola vai nas mãos de Cillessen.

Aos 30 minutos, o time culé chega novamente ao gol. Após passe de calcanhar de Jordi Alba, Messi chuta forte, no alto, sem chances de defesa para Soria. Com o tento, o argentino se tornou o segundo jogador a marcar em cinco finais da Copa do Rei (seis gols), juntamente com Telmo Zarra (que, entre os anos de 1942 e 1950 marcou oito gols). Dois minutos depois, outra boa chance para o Barcelona. Messi lançou para Suárez, mas o assistente marcou impedimento. E ainda houve tempo para mais. Aos 39, Suárez arranca do meio do campo, tabela com Messi e manda para o fundo das redes adversárias. Com os dois gols marcados, o uruguaio chega à quinta final com gols, entre Champions League, Copa do Rei e Mundial de Clubes.

Na volta do intervalo, não tardou muito para o Barcelona mostrar que seria o campeão com sobras. Logo aos seis minutos, Suárez roubou a bola no meio, passou para Iniesta, que tabelou com Messi e tirou do goleiro para marcar o quarto gol do jogo. Três minutos depois, após cobrança de falta, Messi faz o cruzamento, Suárez cabeceia e Soria espalma. Na sobra, Umtiti tenta, mas a bola sai em tiro de meta.

O Barcelona dominava todo o jogo, e o Sevilla acabou sem muitas oportunidades. A primeira boa chance do jogo foi aos 18 minutos, quando Sandro Ramírez arrancou, e a defesa completamente desorganizada do time catalão não conseguiu pará-lo. Então, foi a vez de Cillessen mostrar serviço e fazer a defesa. Aos 23, Suárez fez o passe de calcanhar para Coutinho, mas a bola resvalou na mão de Lenglet antes de chegar ao brasileiro, que marcou. Só que o lance já não valia nada porque o árbitro assinalou o pênalti. Na cobrança, Coutinho chutou do lado contrário de Soria e fechou a goleada. A partir daí, não tiveram muito mais chances efetivas para nenhuma das equipes, e o placar terminou 5 a 0, com o título ficando com o Barcelona pela quarta temporada seguida.

Os próximos compromissos de ambas as equipes será pela La Liga. O Barcelona enfrentará o La Coruña no domingo que vem (29), às 15h45, enquanto o Sevilla encara o Levante, na sexta (27), às 16 horas.