Esportes Radicais

Brasileiros vão bem na repescagem em Margaret River

Publicado às

Colaborador do Torcedores

Crédito: Kelly Cestari / WSL.

Neste domingo (15), mais quatro brasileiros garantiram vaga na terceira fase da etapa do WCT. Na chave feminina, a repescagem ficou para segunda (16).

No primeiro confronto verde-amarelo do dia, o líder do ranking mundial Ítalo Ferreira não teve sossego contra o “wildcard” Miguel Pupo, autor da melhor onda do dia (nota 8,33). Por uma diferença de apenas meio ponto, contudo, o campeão em Bells Beach levou a melhor na nota acumulada e já se prepara para encarar outro brasileiro na terceira fase.

LEIA MAIS
Adriano de Souza e William Cardoso vencem em Margaret River
Gabriel Medina e Filipe Toledo avançam à terceira fase em Margaret River

Seu adversário será Michael Rodrigues que superou o japonês Kanoa Igarashi na oitava bateria da repescagem, logo depois de mais uma vitória brasileira. No sétimo confronto do dia, o norte-americano Griffin Colapinto até que conseguiu boas ondas mas não foi páreo para Yago Dora que terá Filipe Toledo pela frente na terceira fase.

E na penúltima bateria da repescagem, mais um duelo apertado entre brasileiros. Melhor para Jesse Mendes que superou o compatriota Tomas Hermes por apenas dois décimos de ponto e garantiu vaga no confronto contra o norte-americano Kolohe Andino na sequência da competição.

Com o encerramento da repescagem, todo o chaveamento da terceira fase já está definido e além do embate entre Gabriel Medina e o australiano Jack Robinson, mais um encontro de brasileiros já está programado. Adriano de Souza e Willian Cardoso (foto) farão o confronto entre dois vencedores na primeira fase em Margaret River.

Na chave feminina, Silvana Lima aguarda o duelo contra a local Bronte Macaulay para buscar uma vaga na terceira fase do Circuito Mundial de Surfe na costa oeste australiana.