Bruno Henrique deixa “bomba” nas mãos de Jair e elogia promessa do Santos

Bruno Henrique, que estava afastado desde janeiro dos gramados por uma lesão no olho, concedeu entrevista coletiva nesta sexta-feira. Além da confirmação que está relacionado para partida contra o Bahia, o atacante falou da boa “dor de cabeça” que Jair Ventura ganha para montar o ataque do Peixe.

Matheus Henrique Vieira Ramos
Estudante de Jornalismo. Setorista no Torcedores.com do Santos e Botafogo.

Crédito: Reprodução/ Facebook oficial do Santos

“Eu não queria ser o Jair, não. Essa bomba na mão dele, é uma bomba que ele vai ter que saber administrar. O Rodrygo é uma promessa no Santos, fico feliz pelo momento dele. Tão jovem e já conseguiu assumir a responsabilidade e fazer um belo trabalho. O Jair, que fica feliz por ter jogadores de qualidades, e o Santos terá muito a ganhar com a minha volta também”, disse o camisa 11.

Na ausência de Bruno Henrique, quem vem se destacando no time profissional do Santos é o jovem Rodrygo, de apenas 17 anos. O “novo raio” da Vila Belmiro soma cinco gols na temporada. Inclusive, o camisa 43 foi o segundo jogador mais jovem que conseguiu alcança essa marca de bolas nas redes, perdendo apenas para o Pelé.

Bruno Henrique elogia Jair Ventura e fala da ansiedade de estar em campo

“Ansiedade é estar em campo e fazer o que eu gosto. Em relação a estar na equipe, sou muito maduro. Sei que pouco a pouco vou voltar o que eu fazia antes. Retomar aquele ano que fiz aqui no Santos. Em relação a postura do time, acredito que estamos no caminho certo. Vejo o que o Jair faz e costuma pedir, todo mundo remando para o mesmo lado. Isso é importante no futebol. Jair fez um trabalho brilhante contra o Botafogo. Espero que no final do ano isso possa concretizar com muitas boas coisas para o Santos”, explicou o atacante.

O provável Peixe para encarar o Bahia é:

Vanderlei; Daniel Guedes, Lucas Veríssimo, David Braz e Dodô; Alison; Jean Mota, Cittadini, Rodrygo e Gabigol; Eduardo Sasha.

LEIA MAIS: Peres confirma troca de Zeca por Sasha: “benéfico para o Santos e o Inter”

Santos: Peres se defende e diz que pedido de impeachment não tem “base legal”