F1: segundo em Baku, Raikkonen ressalta corrida difícil após incidente com Ocon

Logo no inicio da prova, Kimi Raikkonen se envolveu em um acidente com Esteban Ocon, em uma disputa pela sexta colocação, e teve que fazer uma prova de recuperação em Baku, o que deu certo, já que terminou a corrida em segundo, e ressaltou a dificuldade, principalmente por conta da dificuldade em aquecer os pneus.

Rodrigo Nascimento
Colaborador do Torcedores.com, amante dos esportes americanos e do automobilismo.

Crédito: Twitter Oficial da F1

Não dá para negar que o fim de semana em Baku foi desafiante para Kimi Raikkonen: apesar de ter sido um dos mais rápidos durante os treinos, o Iceman errou quando estava fazendo a volta mais rápida do treino classificatório, e acabou fechando o treino em sexto.

Na largada, os desafio aumentaram ainda mais: o finlandês teve que disputar a sexta posição nas primeiras curvas com Esteban Ocon, e batida foi inevitável, sendo que o francês da Force India levou a pior e abandonou a prova, enquanto o finlandês da Ferrari teve que ri aos boxes e mudar a estratégia de corrida, para fazer uma prova de recuperação:

“Eu estava por dentro e acho que Ocon não me viu, é muito difícil algumas vezes. Ele simplesmente virou e eu estava lá. Não foi a largada ideal para mim”, comentou Raikkonen sobre o incidente na primeira volta.

Mas, o finlandês mostrou que está em alta nesta temporada: conseguiu fazer uma boa prova de recuperação, a após o incidente envolvendo os dois carros da Red Bull, já ocupava a quarta colocação.

Com o erro de Vettel e o pneu furado da Mercedes de Valtteri Bottas, Kimi Raikkonen acabou terminando o GP do Azerbaijão na segunda colocação, um feito e tanto para quem teve problemas durante a primeira volta e caiu para as últimas posições:

“Foi uma corrida difícil após isso [acidente com Ocon], definitivamente não foi fácil, eu tentei voltar. Em determinado momento me senti bem, mas em outros eu sofri para manter meus pneus aquecidos o suficiente.”

Agora, Kimi Raikkonen é o terceiro colocado no Mundial de Pilotos, e com o pódio, a Ferrari assumiu a liderança no Mundial de Construtores (confira a classificação completa nos links abaixo).

LEIA MAIS:
F1 2018: Confira a classificação do mundial de pilotos após o GP do Azerbaijão
F1 2018: Confira a classificação do Mundial de Construtores após o GP do Azerbaijão