Técnico interino, Barbieri adota discurso pés no chão mas elogia “entrega” do Flamengo

Faltam dois jogos para encerrar a rodada de abertura do Brasileirão e até agora o único empate foi entre Vitória e Flamengo no sábado (14) em Salvador.

Bia Palumbo
Colaboradora do Torcedores.com.

Crédito: Staff Images / Flamengo

Apesar de não conseguir a vitória, Mauricio Barbieri gostou da postura do Flamengo dentro de campo. “Fico satisfeito pelo que a gente conseguiu apresentar dentro das circunstâncias do que foi o jogo. A equipe se comportou muito bem, jogou mais de 80 minutos com um a menos. Os jogadores se entregaram em campo, uma atitude irrepreensível. A própria torcida reconheceu isso no final e aplaudiu os jogadores“, comentou ele referindo-se à expulsão do meio-campista Éverton Ribeiro ainda no primeiro tempo do jogo.

O Flamengo ainda não oficializou a situação de Mauricio Barbieri. Ele pode ser efetivado, como aconteceu no caso de Zé Ricardo, ou voltar a ser auxiliar quando o novo técnico for contratado. A dúvida parece não incomodar o profissional.

Essa questão é uma decisão da direção, sigo muito feliz e motivado por trabalhar no maior clube do Brasil. Estou pensando dia a dia, fazer o melhor para poder contribuir e melhorar a equipe. Estou satisfeito com a evolução que o Flamengo vem apresentando“, acrescentou Barbieri.

VEJA COMO FOI A ESTREIA DO FLAMENGO NO BRASILEIRÃO:

Vitória 2 x 2 Flamengo
Motivo: Campeonato Brasileiro – Série A – 1ª rodada
Data e horário: Sábado (14), às 19h (de Brasília)
Local: Estádio Manoel Barradas (Barradão), em Salvador-BA
Arbitragem: Wagner Reway, Fabio Rodrigo Rubinho, Marcelo Grando, Renan Antonio Angelim Rodrigues, Rafael Odilio Ramos dos SAntos, Marcelo Alves dos Santos e Manoel Serapião Filho
Cartões amarelos: Rhayner, Rodrigo Andrade, Yago (VIT) ; Diego, Willian Arão (FLA)
Cartão vermelho: Éverton Ribeiro (FLA)
VITÓRIA – Caíque, Jeferson (Rodrigo Andrade), Kanu, Ramon e Pedro Botelho (Guilherme Costa); Uilian Correia, Willian Farias, Yago, Baumjohann (Juninho); Rhayner e Denilson. Técnico: Vágner Mancini.
FLAMENGO – Diego Alves, Rodinei, Réver, Juan e Renê; Cuéllar, Éverton Ribeiro, Diego, Lucas Paquetá (Geuvânio); Vinícius Junior (Pará), Henrique Dourado (Willian Arão). Técnico: Maurício Barbieri.

PRÓXIMOS JOGOS DO FLAMENGO
18/4 – Flamengo x Independiente Santa Fe (Libertadores)
21/4 – Flamengo x América-MG (Brasileirão)
25/4 – Independiente Santa Fe x Flamengo (Libertadores)
29/4 – Ceará x Flamengo (Brasileirão)

LEIA MAIS:
Barbieri destaca evolução de Vinicius Jr. para substituir Everton no Flamengo
Técnico do Flamengo revela motivo da substituição de Paquetá e pensa na Libertadores