Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Grandes jogos do Brasileirão: Internacional 2×1 Atlético MG – O Entrosamento

 Beira-Rio 05/12/1976. O Internacional estava num momento maravilhoso, o time era octacampeão regional, além de ser o atual campeão brasileiro, o time só havia tropeçado na taça libertadores, sendo eliminado pelo Cruzeiro, já o time do Atlético era o atual campeão mineiro, o jogo prometia, as duas equipes eram muito fortes. O time gaúcho vinha com o técnico Rubens Minelli, que havia vencido o campeonato pelo próprio Inter no ano anterior, a equipe tinha o goleiro Manga, Marinho Perez, Jair, Dadá Maravilha; o clube mineiro era treinado por Barbatana, o goleiro era o argentino Ortiz, além de Toninho Cerezo, Paulo Isidoro, Marcelo.

Adriano Coelho
Colaborador do Torcedores

Crédito: Youtube

Cerca de 80.000 torcedores compareceram, o jogo seria partida única, pois o Internacional foi o primeiro do grupo que estava, ao contrário do Atlético que ficou em segundo, perdendo a primeira colocação ficou para o Fluminense. O Início da partida estava equilibrado, o time mineiro começa a atacar mais, depois da metade do primeiro tempo, aos trinta tem uma falta para o Atlético, Cafuringa cobra, Vantuir de cabeça faz 0x1, o galo administra a partida até o final da primeira etapa, anulando o ataque do Internacional. Segundo tempo começa, o time mineiro tem uma marcação forte, o que deixa o Internacional perdido em campo, a equipe do colorado não conseguia criar, mas o time tinha uma arma, a jogada individual, aos vinte e oito, a torcida começava a ficar apreensiva, estava na hora de arriscar, cruzamento na área do Atlético, a zaga afasta, Batista aparece e chuta de fora da área, empatando a partida 1×1, tudo aparenta crer que o jogo vai para os pênaltis, mas o Internacional não se acomoda, em hipótese alguma o time deixaria de acreditar, quarenta e cinco minutos, os times estão cansados, Figueroa lança Dadá, ele bate de canhota para Escurinho, que cabeceia para Falcão, que devolve de cabeça para Escurinho, que novamente de cabeça lança Falcão, o meia chuta na ponta da chuteira, a bola bate em Ortiz e entra 2×1, a torcida local vai à loucura, não dava tempo para mais nada, o Internacional estava na final.

O narrador Haroldo de Souza começa a gritar: “estamos na libertadores de 1977”, confessando o seu time. Como todos sabem, o Internacional sagrou-se campeão contra o Corinthians no Beira-Rio, na vitória de 2×0, os gols marcados foram de Valdomiro e Dadá Maravilha, mas no jogo contra o Atlético, a equipe mostrou a sua força, seu futebol ofensivo e o entrosamento de jogadores como Dadá, Figueroa, Batista e Escurinho, mas, claro, o time tinha um jogador acima do normal, Paulo Roberto Falcão, eternamente no coração da torcida colorada. A equipe obteve dezenove vitorias, um empate e três derrotas, campanha digna de campeão.

História extraída do livro: Os 100 Maiores Jogos do Brasileirão

Leia mais:

HISTORIAS DO BRASILEIRÃO: SANTOS 5×2 FLUMINENSE 1995 – NINGUÉM DESCE

ENTREVISTA COM O PRESIDENTE DO SINDICATO DOS ATLETAS PROFISSIONAIS: O EX – GOLEIRO DO PALMEIRAS RINALDO MARTORELLI

RELEMBRE AS SELEÇÕES CAMPEÃS MUNDIAIS QUE JÁ FICARAM DE FORA DA COPA DO MUNDO