Meia ex-Palmeiras e Grêmio ganha sequência e se destaca no Guarani

Contratado pelo Guarani no início da temporada, o meio-campista Rondinelly, ex-Palmeiras e Grêmio, tem sido um dos principais jogadores do time bugrino durante a temporada 2018. Peça fundamental na conquista do título da Série A2 Paulista, ele vai iniciar a Série B do Brasileiro como uma das esperanças da equipe campineira.

Victor de Freitas
Baiano, 25 anos, jornalista formado pela Universidade Jorge Amado (UniJorge). Apaixonado por esportes em geral, de preferência basquete, tênis e futebol. Contato: victorw10@outlook.com

Crédito: Foto: Divulgação/Guarani

Titular absoluto do Guarani no primeiro trimestre de 2018, Rondinelly, que já possui um título de campeão da Série B em seu currículo, vencido com o Palmeiras, é um dos goleadores do time alviverde neste ano – além de se destacar com assistências.

Em seus primeiros 16 jogos do ano, o meio-campista marcou seis gols e ajudou o Bugre a ficar com o troféu de campeão da Série A2, batendo o Oeste na final. Em 15 das partidas que disputou, ele foi titular. Na partida decisiva da competição, ele marcou um gol.

Conheça a 1xBet:

Um novo jeito de fazer sua aposta esportiva!

Para a Série B, Rondinelly vai iniciar como titular, ao lado de Bruno Nazário no meio-campo. A dupla é responsável por deixar o goleador Bruno Mendes em condições de marcar gols.

Atualmente com 26 anos, Rondinelly teve a melhor fase de sua carreira quando se destacou pelo Vila Nova, em 2012, e foi comprado pelo Grêmio, no mesmo ano. Atuou por 12 jogos com a camisa gremista naquela temporada.

Sem conseguir repetir o mesmo desempenho no Grêmio, o meio-campista foi cedido por empréstimo ao Palmeiras, que disputaria a Série B de 2013. Foi emprestado como parte do acordo da negociação que levou Barcos ao time gremista. Mas, teve ainda menos espaço no Verdão. Disputou apenas três partidas antes de ser repassado novamente.

Sem sucesso em passagens por grandes clubes, tem acumulado empréstimos nos últimos anos, a times como Luverdense, Osasco Audax, Macaé, Londrina e Botafogo-SP.