Ícone do site Torcedores – Notícias Esportivas

Michael Bisping dá ‘conselho’ a McGregor: “Pare com esse rancor”

Reprodução/Youtube

Conor McGregor foi protagonista na última semana, graças a confusão que se envolveu ao atacar um ônibus com lutadores no media day do UFC 223. O irlandês foi alvo de várias críticas, mas até há os que preferem dar ‘conselhos’ ao ‘Notorious’. Caso de Michael Bisping.

Também conhecido por declarações e atitudes fortes, o inglês comentou sobre o caso em seu podcast ‘Believe You Me’. E vê o irlandês um pouco incomodado mesmo sendo o principal astro do MMA na atualidade, o recomendando a deixar tais problemas de lado e curtir a vida.

“Pare com esse rancor, é o que eu falaria a ele. Deixe de lado essa revolta, cara. Eu também já pensei coisas assim e me fez realizar que eu tenho uma vida boa e tenho muita sorte. Você vê o Conor fazer coisas assim e você pensa ‘o que ele está fazendo? Por que ele está fazendo isso?’. Veja tudo o que ele conseguiu. Tem gente que até mataria para ter o que ele tem, As pessoas sonham em estar onde ele está e ele está lá e o McGregor vai lá e age assim? Ele só está ferido a si próprio”, argumentou Bisping.

Mas o inglês ainda vê um lado positivo na confusão em que McGregor se envolveu. Para Bisping, tudo isso pode acabar rendendo muito dinheiro ao UFC se o irlandês tiver sua próxima luta contra o russo Khabib Nurmagomedov.

“Se fosse Ray Borg ou Rafael dos Anjos que fizessem aquilo, eles estariam no olho da rua. Mas o ataque foi até parar no vídeo deles. Acho que o UFC tem que marcar essa luta do Conor com o Khabib. E tudo aquilo, o Conor quebrando a janela, a reação do Khabib, tudo isso vai parar nos vídeos promocionais. No fim das contas, é assim que você quer que as pessoas se comportem? Não, mas você pode transformar isso em algo positivo? É claro que sim e você poderia ganhar muito dinheiro com isso. Seria um pay-per-view daqueles. Os dois tem muitos fãs. E eles lutando. Vai bater 1,5 milhão fácil”, disse.

LEIA MAIS

UFC 225 terá luta entre Holly Holm e Megan Anderson

 

(Crédito da foto: Reprodução/Youtube)

 

Leia mais:

Sair da versão mobile