Cogitado no Urawa Reds, Nelsinho Batista nega ter recebido proposta para deixar o Sport

Especulado pela imprensa japonesa como novo técnico do Urawa Reds, o técnico Nelsinho Batista garantiu não ter recebido nenhuma proposta vinda do continente asiático nos últimos dias. O comandante do Sport tratou o caso com tranquilidade, e como algo típico da imprensa.

Cido Vieira
Jornalista em formação, e apaixonado por futebol desde criança. No Torcedores.com desde o ano de 2017, já acumulei diversas funções no site e atualmente me dedico a cobertura do futebol nordestino.

Crédito: Foto: Williams Aguiar - Sport- Divulgação

“Eu não tenho nada de concreto. Como acontecia quando eu estava lá, sempre apareciam clubes do Brasil, como o próprio Sport muitas vezes, dizendo que estavam pensando em me trazer. E nunca foi nada concreto, como não tenho nada concreto agora. Hoje não posso dizer nada. Estranhei até que saiu na mídia (do Japão) porque não tive contato com ninguém”, disse o técnico do Sport, após a vitória rubro-negra sobre o Salgueiro, na noite desta segunda-feira.

A notícia foi veiculada pelos jornais Kyodo News e Saitama Shimbum, tudo em função do Urawa Reds não viver um bom momento no Campeonato Japonês, a equipe é apenas 17ª colocada, e o treinador Takafumi Hori está pressionado no cargo.

 

Carreira vitoriosa

No país nipônico, Nelsinho Batista já comandou o Verdy Kawasaki (1994 e 1995), Nagoya Grampus (2003 e 2004), Kashiwa Reyson (2010 a 2014), e por último, o Vissel Kobe (2015 a 2017). Nesta vasta experiência em solo asiático, o treinador acumula oito títulos no currículo, dentre eles, duas Ligas Japonesas e uma Supercopa do Japão.

 

Estreia rubro-negra

O Sport estreia no Campeonato Brasileiro no dia 15 de abril, diante do América-MG, no estádio Independência. O certame nacional será a única competição que o clube nordestino participará nesse restante de temporada.

 

 

LEIA MAIS: