Opinião: Escalação ideal do Botafogo para a estreia do Brasileirão contra o Palmeiras

O Botafogo estreia no Brasileirão na próxima segunda-feira (16), contra o Palmeiras. A bola rola às 20h, no estádio Nilton Santos e o time comandado por Alberto Valentim está empolgado.

Bruno Barbato
Colaborador do Torcedores.com.

Crédito: Vitor Silva - SSPress - Botafogo

Isso porque o Glorioso vem da conquista do título carioca, além da vitória jogando fora de casa, na estreia da Copa Sul-Americana, contra o Audax Italiano, no Chile.

Agora o foco é o Brasileirão e o Fogão precisa começar com tudo para manter o embalo e pontuar neste início de competição, o que será fundamental para a sequência da temporada, de olho em vaga na Libertadores e quem sabe, no título.

Para isso será fundamental o próprio técnico Alberto Valentim, que conhece muito bem o Palmeiras, rival esse que é apontado por muitos como o principal favorito a levantar a taça.

Sendo assim ele precisa colocar em campo a melhor formação disponível no momento. E isso passa em manter a base da equipe que vem apresentando um bom futebol.

Ao mesmo tempo, com as baixas de Moisés e Luiz Fernando, penso que no momento é hora de dar mais uma oportunidade para Gilson e Rodrigo Pimpão. Ambos foram importantes na temporada 2017, principalmente na primeira metade do ano, onde o Botafogo conquistou importantes resultados sob o comando de Jair Ventura.

Em baixa em 2018, ambos entraram bem no Chile (Gilson foi titular e Pimpão iniciou como reserva) e por isso merecem o voto de confiança de Valentim para a estreia do Brasileirão.

Outro desfalque confirmado de última hora é Renatinho. Com isso, Marcos Vinícius precisa ser o titular contra o Verdão.

Sendo assim a escalação ideal do Botafogo é a seguinte: Gatito Fernández; Marcinho, Joel Carli, Igor Rabello e Gilson; Rodrigo Lindoso, Marcelo e Marcos Vinícius; Léo Valencia, Rodrigo Pimpão e Brenner.

A bola rola para Botafogo e Palmeiras na segunda-feira (16), às 20h, no estádio Nilton Santos, pela 1ª rodada do Brasileirão 2018.

O que acharam desta formação ideal do Glorioso? Deixem os seus comentários!