Pelé e Garrincha: Os 3 minutos mais incríveis da história do Futebol

Essa é uma frase famosa criada por nada mais, nada menos que Gabriel Hablot, um dos idealizadores da Liga dos Campeões, para definir os 3 minutos mais incríveis da história do futebol que ele havia presenciado. Isso aconteceu na partida entre Brasil e a ex-União Soviética, pela Copa do Mundo de 1958. Pelé e Garrincha jogaram juntos lado a lado pela primeira vez.

Bruno Wang
Redator e Pós Graduado em Jornalismo Esportivo. Ama Futebol e o Esporte.Redator Sênior do Torcedores.comPara um pouco mais de mim, pode me escrever: Brunocom26@gmail.com

Crédito: Instagram Pelé

Para muitos pode parecer uma surpresa. Mas Garrincha e Pelé eram reservas até o jogo com os russos em 1958. E o Brasil, após vitória sobre a Áustria por 3 a 0 e um empate sem gols com a Inglaterra, corria o risco de ser eliminado com uma derrota para os soviéticos. Esses tinham ninguém menos que Lev Yashin no gol.

Basta dizer que Yashin foi e é considerado com um dos melhores goleiros de todos os tempos. E o único a ganhar o prêmio da ”Bola de ouro” como goleiro pela revista ”France Football”.

O Brasil de Pelé e Garrincha tinha como adversário o pesado futebol ”científico” jogado pelos russos. Nesta partida, o técnico Brasileiro Vicente Feola decidira apostar em Garrincha e Pelé. Segundo o Didi, meio campo brasileiro, a instrução que partira de Feola antes da bola rolar era a de ” Lembre, o primeiro passe vai para Mané”.

A partir daí, o que se viu, nos primeiros instantes do jogo foi o que Nelson Rodrigues descreveu: ”a desintegração da defesa russa começou exatamente quando Garrincha tocou na bola”. No Curto intervalo de tempo entre o apito inicial e os três minutos citados por Hablot, Garrincha e Pelé já tinham mandado duas bolas na trave. E Vavá já tinha feito o primeiro gol aos três minutos do primeiro tempo.

LEIA MAIS

OPINIÃO: 6 MOTIVOS QUE PODEM FAZER O BRASIL PERDER O HEXA

Pelé e Garrincha despontaram na Copa. Os Jogos seguintes seriam todas vitórias sobre as seleções de País de Gales, França e Suécia, anfitriã do mundial e adversária na final. Curiosamente os dois últimos jogos foram goleadas por 5 a 2. O Brasil levantou a sua primeira taça de Campeão do mundo.

Hoje é dia do Goleiro. Pode-se se dizer que Lev Yashin teve muita sorte em 15 de junho de 1958. Foi um grande atleta e só tomou dois gols de Garrincha, Pelé e Cia.

Brincadeiras a parte, o aranha negra neste dia vestiu amarelo.