Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Renato vê Grêmio com classificação ‘encaminhada’ na Libertadores e reclama de pênalti

O Grêmio empatou com o Cerro Porteño, na noite desta quarta-feira, em jogo válido pela terceira rodada da Copa Libertadores da América. Atuando no Paraguai, o Tricolor não pôde contar com o atacante Luan, que não foi relacionado, e saiu na ‘bronca’ com a arbitragem.

Bruno Nunes Loreto
Formado em Jornalismo na Universidade de Santa Cruz do Sul, UNISC. Amante dos esportes, principalmente o bom e velho futebol. Setorista de Grêmio e Fluminense.

Crédito: LUCAS UEBEL/GREMIO FBPA

Após o duelo, o técnico Renato Portaluppi elogiou a partida realizada pelo Grêmio, destacou o elenco do clube, mas lamentou a penalidade máxima não assinalada. O lance em questão aconteceu ainda no primeiro tempo, em uma jogada envolvendo Everton e Marcos Cáceres.

Sobre a atuação gremista, o comandante comentou a postura da equipe e destacou que o time não jogou defensivamente.

“Não concordo que o Grêmio veio para se defender. A maior prova é que nós tínhamos dois atacantes, tanto o Jael quanto o Cícero. Tínhamos mais o Everton. No segundo tempo acabamos com três atacantes rápidos na frente. Tivemos nossos cuidados defensivos. É uma coisa normal, mas sempre buscamos os gols”, avaliou”.

“Nós tivemos um pênalti legítimo, que o árbitro não deu. As melhores oportunidades do jogo foram do Grêmio. O Grêmio teve seus cuidados, mas buscou a vitória o tempo todo. Infelizmente a bola não entrou”, adicionou.

Com cinco pontos após três rodadas, o Grêmio ocupa a segunda colocação do Grupo A, dois pontos atrás do próprio Cerro Porteño. No segundo turno da Libertadores, a equipe receberá Cerro e Defesor e sairá do Brasil para enfrentar o Monagas, lanterna do grupo e que ainda não pontuou.

“Jogamos para vencer, nem sempre dá. Hoje temos três jogos e cinco pontos. Agora vamos ter dois jogos dentro de casa e um fora. Nossa classificação está bem encaminhada. Importante é continuarmos com essa determinação. Em primeiro lugar vamos buscar a classificação, depois o primeiro lugar da chave”, disse.

“Jogo aqui é sempre difícil, casa cheia, contra o time que está liderando a chave. Eles estão muito motivados, mas conseguimos segurar eles, mas não vencer eles. Mas jogaremos na Arena contra eles e lá é outra história”, completou Renato.

LEIA MAIS:

GREMISTAS PEDEM PÊNALTI EM EVERTON; ASSISTA AO LANCE POLÊMICO

ASSISTA AOS MELHORES MOMENTOS DO EMPATE PELA LIBERTADORES

GEROMEL ACERTA LINDO VOLEIO NA TRAVE; ASSISTA